Nacional

ENTREVISTA: SEX ON THE BEACH (PB)

Sex On The Beach é surf music no Cariri.

sex_on_the_beach_pb__cred__fer02Nem só de mar vive o surf music brasileiro. O melhor festival nacional do gênero fica nas montanhas mineiras e um dos melhores representantes nordestinos é de Campina Grande, cidade do Cariri paraibano, chamada Sex On The Beach. Um trio formado pelo guitarrista Diogo Pafa,o baixista Marlo Simaskowsk e o baterista Tonny Lira que desponta no cenário com sua música instrumental primorosa e instigante. Campina Grande é uma cidade cosmopolita e avançada que congrega pessoas de toda a região, como no caso do alagoano Diogo e do sergipano Marlo, estudantes que resolveram formar a banda junto ao local Tonny. O combo nem completou um ano de existência já lançou um EP e fez uma turnê proveitosa por vários estados do país. O primero disco cheio deve sair ainda este ano. Convidamos o baterista Marlo para esclarecer qual é a praia do Sex On The Beach. Let’s surfing!


Como é fazer “surf music” distante da praia? Fale sobre a banda.

Marlo -Não é complicado fazer surf music longe da praia. Nem estamos tão longe assim, na verdade. São só 120Km de distância. Mas, daqui, fazemos usando a imaginação. Não é preciso estar na Jamaica para fazer Reggae ou estar no Brasil para fazer Samba ou no Espaço para fazer Psicodelia. É uma questão de estado de espírito e de imaginação. Essa regra vale para nós também. Apesar da banda ser campinense, apenas um integrante não é “praiano”. Estamos apenas geograficamente longe da praia. Mas sempre continuamos imaginando (ou indo) a uma praia aqui por perto.

LEIA O RESTO DA MATÉRIA AQUI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *