Coberturas, Festivais e Shows

COBERTURA: 2º DIA DO FESTIVAL MAIONESE (MACEIÓ/AL)

Vendo-1471
Foto: Vendo 147 (BA)

Por Martin Langou
Foto: Michel Rios

A segunda noite do festival prometia ser mais rock que a noite anterior. Na programação constavam bandas com uma pegada mais pesada, a essência da coisa, fora algumas atrações que já estavam sendo esperadas com certa ansiedade pelo público. Ao todo, quatro bandas de fora e mais seis locais na programação. Comentários do tipo “é hoje que toca aquela banda com dois bateristas”, ou “tem uma banda aí que parece que veio da lua” não eram raridade. Ansiedade pairava!

Antes que a primeira banda começasse a tocar, do lado de fora, críticas com toda a razão ao próprio público. Apesar de a organização ter segurado o início do show, pouca gente havia comparecido para prestigiar. É um ciclo vicioso que se repete. Essa falta de pontualidade por parte do público é um revés bastante comum na cidade, e que deve ser consertado. O festival tinha que começar, porque haviam muitas bandas pra tocar, e atrasar o início seria esticar o fim madrugada adentro. Os extremos quase sempre se dão mal. E quem paga a conta, infelizmente, é a primeira banda, que, quase sempre, começa a tocar para meia dúzia, e as últimas, que tocam para uma dúzia de sonâmbulos.

LEIA O RESTO DA MATÉRIA AQUI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *