Coberturas, Notícias

COBERTURA DE SHOWS: GRAVAÇÃO DO DVD DE MARINA ELALI

Por Marlos Ápyus

Sim. Eu estive lá. Não me pergunte como. Corro, inclusive, sérios riscos de num futuro não muito distante estar lanchando no Pittsburg e me ver flagrado ao pé do palco pelas câmeras da produção de Marina nos DVDs musicais que são constantes no sistema de TV da rede de lanchonetes. Mas, infelizmente, não puder acompanhar o show desde o início e perdi sua entrada triunfal montada em um camelo. Mas, como cheguei atrasado, não fiquei sabendo que sua entrada triunfal montada em um camelo foi cancelada de última hora. O que já deu origem à piada em que, a exemplo de Sandy & Júnior, Marina queria a participação de Marcelo Camelo em seu DVD. Contudo, alguém entendeu errado e o equívoco só teria sido percebido quando alguém da produção apareceu com o ruminante no back stage.

Elali deveria rezar toda noite pelo cara que inventou a edição. Minha sugestão é de que este seja o primeiro DVD musical com erros de gravação após os créditos. Seria um sucesso certo, pois material para rir tem-se muito.

Quando entrei no Machadão, Marina tentava inutilmente iniciar uma canção acompanhada unicamente do piano. Mas, ninguém soube explicar o porquê, o quarteto de cordas que compunha sua banda/orquestra teimava em se meter no som que não era chamado, findando por levar alguns pedidos de silêncio da parte da cantora e o reinício da gravação da canção algumas vezes.

O palco realmente estava muito bonito, com um telão trazendo efeitos visuais bem interessantes, uma sombra pré-gravada que não acompanhava o movimento da garota, o que causava um efeito muito interessante, sem falar numa passarela que a aproximava da platéia, tão comum em trabalhos do gênero, mas raros em produções potiguares.

Ao pé do palco, a postura da platéia era um espetáculo à parte. O fã clube de Marina estava lá e fazia-se ouvir em coro. Mas também estava o vendedor de cerveja, que de tempos em tempos gritava que jamais vira uma cantora tão ruim. Maldade pura. Marina canta muito bem. A sua voz saía tão perfeita dos amplificadores que por várias vezes tive a sensação de o show ser dublado, situação que ainda não descarto, mas que não tive provas o suficiente. Uma equipe bem entrosada e ensaiada conseguiria facilmente encaixar o audio gravado com os momentos em que a mesma jogava para o público cantar. Mas tudo que menos se via ali era uma equipe bem entrosada.

Justiça seja feita. Se a noite se seguiu em uma sucessão de vergonhas-alheias, grande parte da culpa é daqueles que trabalhavam nos bastidores. A começar pelo ritmo que imprimiram à noite. Entre cada canção executada seguia-se uma pausa de longos dez minutos. Explicou-se, depois, que o tempo servia para mudança de cenário, troca de roupa da cantora e uma passagem a limpo da edição do vídeo para saber se nada havia dado errado. Mas pessoas mais inteligentes teriam se preparado para estas necessidades. Se o palco sustentava uma dezena de ótimos músicos, nada custava ativar o grupo para que aniquilasse os silêncios nos longos intervalos.

Ao término de uma canção, triunfante a cantora desaparece por trás do palco descendo por um elevador. Legal. Mas o tal elevador foi um espetáculo à parte. Alguém abre seu microfone antes do tempo e as milhares de pessoas escutam o desespero de Marina nos bastidores pedindo para segurarem o elevador mais um pouco pois alguma coisa ainda estava caindo. De nada adiantou seu pedido. O dito cujo sobe e Marina surge para executar mais um número como se ninguém da platéia tivesse escutado seu faniquito. Ela finaliza a canção novamente em cima do infame elevador e começa a conversar com a platéia. Contudo, alguém sem querer manda o elevador baixar e a musa vai se desesperando por desaparecer por trás do palco sem antes terminar seu discurso. No final, apenas sua mão elevada falando por seu corpo. Mais genial ainda teria sido se a mesma tivesse o espírito esportivo de movimentar os seus dedos tal qual um fantoche desnudo. Mas aí já era querer demais.

Após outra longa pausa, dois papangus anunciam a participação de Gonzaguinha. Foi quando me animei em ver baixar no palco o espírito do filho do Rei do Baião. Que nada. Depois ele é informado no ponto que o nome certo era Dominguinhos. Que , por sinal, proporcionou um dos melhores momentos da noite ao emendar uns três clássicos do forró, dois deles sem a participação da potiguar nos vocais.

Para finalizar, Marina reaparece no meio da platéia para mostrar o que ela possui de melhor: a sua beleza. E a fama tem caprichado cada vez mais com a garota. Para usar um termo bastante difundido na noite da parte de alguns ambulantes, “ô mulher gostosa, puta que pariu!”. Com um vestido cavado na perna, hipnotizava todos os seguranças que, em posição privilegiada, não largavam os olhos de… Bem… Vocês sabem de onde. Seu deslumbre visual era tanto que facilmente ofuscava sua falta de jeito para a dança, ou ainda o desentrosamento da dezena de bailarinos que a acompanhava e que, até nos momentos em precisavam apenas bater palmas, se perdiam.

Quando tudo parecia terminado, Marina recebe a ordem de repetir o último número pois a platéia não havia se manifestado tão a seu favor como esperava a produção. Desta forma é semi-ensaiado um bater de palmas, volta-se a fita e repete-se todo o teatro. Fecham-se as cortinas.

Marina tem em grandes quantidades vários “muitos” que embasam o sucesso de qualquer artista. Ela é muito linda, ela canta muito bem e, talvez principalmente, tem muito dinheiro. Mas já passou do tempo de aprender com os próprios exageros. E o limite entre o chique e o brega está justamente no excesso de qualidades. Uma rosa no bolso do paletó pode até ser chique. Um girassol é brega. Marina já cresceu muito e está bem além do que muitos duvidavam que ela chegaria. Mas sábado à noite presenciei uma artista tentar mais uma vez dar um passo maior que as próprias pernas. Um pouco menos seria ideal. Mas “menos” parece ser uma palavra inexistente em sua carreira.

17 Comments

  1. Foi o show do ano.

    Só faltou, no texto, a história do anel que ela esqueceu e cantar “Sabiá” em inglês, coitado do Dominguinhos…
    E não teve nada de Camelo.
    Camelo só no jogo do bicho.

    Quem perdeu, perdeu.
    Realmente foi o show do ano.
    Quem perdeu, não perca

  2. eu soube que não deixaram os camelos (seriam 2) entrar porque um deles deu uma bruta cagada no palco no ensaio. queria muito ter visto esse show. um amigo meu assistiu a um no rio (teatro rival) em que ela cantava com ventiladores nos cabelos. acho-a bonita, gostosa e com uma puta voz, mas vai ser brega e perua assim na casa do carái.

  3. Definitivamente estou muito feliz por ter conseguido ler um texto tão bem inscrito, e que consegue fazer com que o leitor tenha a sensação de que não tendo ido ao “trágico” show da tal Marina Elali, pode perceber o q aconteceu por lá. Dois amigos meus foram e voltaram para casa estarrecidos com o q viram. faltou no texto uma parte do show onde a cantora e dublê de chacrete se posiciona de forma errada em frente a uns espelhos e tudo desanda, como também um famigerado “grito de guerra” q nem a própria cantora/dançarina sabia dizer, como séria bom se a Marina (narina) voltasse para o seus aposentos reais e tivesse um ataque de simplicidade(néra??) sem falar na falta de atenção dos tais “apresentadores” pois todo mundo em Natal é apresentador de tv, cantor….e por ai vai…os “bonitos não só são desinformados como sem graça também,para finalizar uma vaia para “ela” e “eles”.iiiuuuuu!!!!!!!!

  4. kkkkkkkkkkkkkkk noção do ridículo é realmente uma coisa que Marina não tem, ela exagera muito sempre, fica bregona e muito vulgar, baseia sua carreia na exposição do seu corpo já que seu carisma é zero, a voz é bonita mas ela exagera nos gemidos uma pena.
    Eu não me surpreenderia se ela iniciasse o show nua montada num camelo cantando aquela belíssima música das mulheres que gostam de xampu kkkkkkkkkkkk

  5. Vcs sao muito maldosos. A gravação do DVD de Marina nao é o primeiro e nem o último a dar errado. Quem disse q ela constrói sua carreira em cima de seu corpo está é com inveja dela. Que além de linda canta muito. Como que uma cantora, semi-finalista do Fama, dublaria em seu primeiro DVD??? Presta atenção!!! Vcs deveriam parar de criticar os outros, pq falhas e erros todo mundo tem!!! A culpa não foi da Marina, a produção q foi mal organizada. E se a música romântica é brega, o mundo inteiro é brega. Se a apresentação de Marina estava muito extravagante é pq ela queria dar o melhor dela para seu público. Por isso parem de criticar, pq isso nao vai ajudar em nada…

  6. Olá…
    prefiro nao me identificar…
    bem…
    eu estava tocando no show…Vcs estao falando tudo isso…mais nao imaginam o que agente sofreu…cara….agente passou 3 tardes inteiras la…das 14 as 23 hrs…tarde e noite…se a produção fosse realmente boa…e ela fosse mais simples,com certeza tudo ia dar certo…foi tudo muito desorganizado…agente passava esse tempo todo e só tocava 10 minutos no maximo ja no final da noite…FOI UMA PALHAÇADA!!!
    Mais o bom mesmo foi o $$$$$ no bolso….kkkkkkkkkk
    Eu mesmo na hora do show me acabei de rir…e no ensaio teve realmente a cena do camelo que cagou todo o palco…detalhe:ele começou com cocô de bolinhas…depois foi deu um diaareia danada nele…e sabe onde???EM CIMA DO TAPETE PERSA!!!Que o pai dela tirou la do hotel que era dele(o antigo Pirâmide)
    Bem gente….
    eu estou querando muito ver esse DVD para saber se milhagres existem…

    Ahhhhhhhhh ja ia esquecendo, n podia deixar de falar que durante o show varias vezes o pessoal chamava por Alceu Valença que ia tocar logo após a ela….
    heheheheheeh

  7. Francamente,acho uma palhacada esses comentarios maldosos sobre a gravacao do DVD da Marina. Olha so galera,ninguem ‘e perfeito ,o problema ‘e que costumamos exigir mto de nos mesmos e consequinetemente,do outro tb. Acho a Marina belissima e com uma voz encantadora!!
    Me digam, vcs nunca foram a algum show sem que nao tivesse tido erro algum??Acho que nao ne? Eu acho que esta na hora de se parar de se criticar tanto e prestar mais atencao na qualidade das coisas!! Eu estava no show da Marina e percebi que houve falhas, mas tambem percebi que ela estava tentando dar o melhor de se si para seu publico!! Alias,ela tem mtos fans em todo o Brasil,sabiam??
    Francamente, fui criada em Natal, amo a cidade e a acho linda, so que muitas pessoas estragam d+++ a cidade com essas coisinhas , ou seja, nao dao valor aos artistas da terra,coisa que ‘e incrivel!!! Tenho certeza que se fosse um artista internacional e mesmo que nao cantasse nada, a maioria etsaria la, aplaudindo e tenho certeza de que nao iriam nem sabem que bolhufas ele estava cantando!!! Afinal, o que vale ‘e ser internacional ne?? Ah gente, dao um tempo!!! ‘E mto facil estar sentado e meter o pau nos outros ne?? Vao pra la entao … duvido que vcs deem um agudo que ela da e nem tem a ginga maravilhosa no corpo que ela tem!!
    Na minha opiniao ,a Marina tem mto valor sim!!E sinceramente, ‘e bom mesmo que ela faca mto sucesso…bem longe de gente mesquinha e invejosa!!! Affff!!!

  8. o show foi bom!!
    erros aconteçem….
    e tbm gente vamos entender q é o primeiro DVD de Marina Elali né? vamos entender q o primeiro sempre tem novidades e pode dar erros! no show de gravação de DVD todas as pessoas do show, o público, na gravação, pode ver erros!! talvez vcs nunca foram em outra gravação de DVD né?rsrsrs
    pq eu acho q em qualquer gravação tem estes problemas e a música é gravada ñ sei quantas vezes para dar certo!! foi bom o show! e eu ñ sei nada destes camelos ñ….
    eu só achei q o show demorou muito para começar!! eu fui muito cedo, mais só começou tarde!! quase q choveu…

  9. a marina é muito talentosa!!!nesse show faltou organização dos produtores…eles fizeram uma coisa pra lá de bagdá!!!!faltou mais dedicação em relação ao dvd …vc é linda,parabéns pelo seu talento,te desejo muito mais sucesso ainda,pq vc merece!!!!tÔ aguardando o próximo dvd!!!e eu vou assistir ao vivo hein!!!bjão

  10. Bem, realmente não assisti o show. Porém, acho de uma maldade de quem não tem o que fazer…como vcs…de querer denegrir a imagem de um profissional que tenta ser o melhor. Temos tantos maus exemplos ai de cantores e derivados…e fazem sucesso! Cara não será o DVD que mostrará todo o potencial da cantora, aliás temso diversos DVD porcarias de cantores famosos no Brasil inteiro e mesmo assim fazem sucesso! Vai procurar o que fazer!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *