VEJA COMO FOI O ANO DO DOSOL EM 2015

retro

Último dia do ano e a gente vem aqui relembrar as nossas aventuras de 2015. Foi um ano com vários projetos novos e algumas baixas do que a gente já vinha fazendo. Ao mesmo tempo que não para aconteceram edições do Circuito Cultural Ribeira, Virada Cultural de Natal e Natal Instrumental, ampliamos brutalmente o Festival Dosol que passou a ter caráter regional, tivemos a Incubadora e o mini festival em São Paulo, entre outras vitórias. Foi um ano muito proveitoso para planejar, estudar e entrar em ação nesse 2016 desafiador que teremos pela frente. Nossas missões na música e cultura permanecem absolutamente intactas e cada vez mais fortes. Vamos ao resumão de 2015!

Começamos o ano 100% envolvidos na Incubadora Dosol. Nos concentramos em lançar, gravar e divulgar os discos do Talma&Gadellha, Maíra Salles, Fukai e Kataphero. Além desses álbuns ainda lançamos o disco do Camarones Orquestra Guitarrística que saiu em tour que chegou a 100 shows no ano. A Incubadora terminou sua atuação em 2015 com grande reunião de artistas no palco do Itaú Cultural em São Paulo.

Nesse meio tempo e nos meses seguintes promovemos vários shows de artistas relevantes da cena brasileira: Bixiga70, Fresno, Boogarins, Tiê, Eddie, Lucas Santanna e Silva. Pelo Centro Cultural Dosol também passaram artistas como Cólera, Lupe de Lupe, Dead RocksOrquestra Contemporânea de Olinda e Móveis Coloniais de Acaju. Também recebemos ótimos festivais no espaço como o Selvagem Festival e o Transtorno Fest.

Fizemos projetos interessantes com parceiros das mais diversas áreas. Promovemos a Mostra Brasileiríssimos em Natal e Recife, atuamos junto com a Secretaria de Cultura de Parnamirim no Programa Parnamirim Musical que possibilitou shows e registros da cena da cidade. Visitamos Souza junto com Centro Cultural BNB levando a experiência da Incubadora.

Nossas bandas fizeram do ano de 2015 muito especial. Foram diversas tours, críticas positivas e shows importantes para Camarones Orquestra Guitarrística, Monster Coyote, Plutão Já Foi Planeta, Fukai, entre outras. Todas com grande destaque na música independente brasileira.

O Festival Dosol chegou a sua décima segunda edição fazendo a maior mostra de toda a sua curta carreira. Chegou até as cidades de Natal, Recife, Maceió, Salvador, João Pessoa, Campina Grande, Fernando de Noronha, Parnamirim, Pium, Mossoró, Assu, Caicó, Currais Novos e Santa Cruz. Foram aproximadamente 25.000 pessoas na atividade e mais de 200 shows no período, uma das maiores mostras musicais que o nordeste já viu.

Fechamos o ano sonhando e planejando desejando música, cultura e alegria a todos e muito saúde para curtir tudo isso com a gente novamente em 2016. Vamos para cima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>