Coberturas

TITÃS & PARALAMAS: POR POUCO UMA TRAGÉDIA NÃO ESTRAGA A NOITE DE ONTEM NO MACHADÃO

Por Marlos Ápyus

No episódio abaixo, os Caçadores de Mito testam a lenda de que duas listas telefônicas entrelaçadas (com cada página de uma dentro da página de outra – veja o vídeo para entender melhor) são inseparáveis. No início, juntam dez pessoas para tentar separá-las puxando com uma corda. Ao não conseguirem, amarram-nas a dois carros que fritam pneus e não conseguem separá-las. Por último, e é aqui que o vídeo começa, usam dois tanques de guerra para atingir o objetivo, quando finalmente conseguem.


A explicação é simples: atrito. Há atrito entre as folhas de papel fazendo força para que as mesmas não se separem. Como são 500 folhas, estes valores se somam fazendo com que as mesmas suportem até 4 toneladas de peso (ou o equivalente a dois automóveis grandes amarrados em uma corrente). Não se deve brincar com as leis da física.

Ontem deu o quê no show dos Paralamas do Sucesso com Titãs? Vinte mil pessoas? Eu chutaria umas 3 dezenas de milhares. Metade do campo lotado, metade da arquibancada. Na saída, tivemos alguns destes milhares de seres vivos buscando deixar o ambiente ao mesmo tempo. Todos educados. Caminhando tranqüilamente. Apenas fazendo uma força leve para continuar andando a passos curtos tal qual um pingüim fugindo do frio.

Se cada pessoa daquela exercer sobre a pessoa da frente uma força equivalente ao atrito encontrado em uma folha de papel (o que é muito, muito pouco), 500 pessoas dessas causariam um impacto de 4 toneladas na pessoa que estivesse mais à frente na fila. Mas não havia só 500 pessoas. Havia bem mais. No início contamos piadas e ao final até damos risadas de tudo. Mas o fato é que por pouco ontem não ocorria uma tragédia na saída do Machadão.

O que parecia divertido (aquele aperto onde não cabia mais ninguém) aos poucos foi ganhando em suspense. Em questão de segundos tudo ficou apertado demais. Já não dava mais para respirar direito. Os pés, literalmente, deixaram de tocar o chão. Todo mundo começou a gritar apavorado. A multidão começou a ser jogada contra a parede do estádio. Um sufoco que só vi semelhante (mas em bem menor proporção) nas ladeiras do Carnaval de Olinda.

Torcidas de futebol já sofreram tragédias com gente esmagada no futebol inglês. Quando o Pearl Jam se apresentou no festival de Roskilde em Copenhagen, Dinamarca, oito pessoas morreram esmagadas pela super lotação. Em um show do Raimundos em Santos, 8 pessoas morreram na saída por motivo semelhante.

Lidar com uma multidão não é brincadeira. Mas a sensação que dava era que a organização do show dos Paralamas com Titãs ontem não estava nem aí. Ninguém tomou o microfone em suas mãos para acalmar as pessoas, para pedir que aguardassem um pouco pois a saída estava por demais lotada, para encaminhá-las a uma outra saida. Por muito pouco não amanhecemos hoje com uma tragédia estampando as manchetes dos jornais.

19 Comments

  1. muito boa a dica. Tomara que a produção leia e tome as devidas precauções para os shows dos próxximos dias. Não curto show gratuito com esse tipo de atração. Vira um coas e o caos ninguém controla. Nem os mais experientes produtores…

  2. Apesar dos constragimentos, ou seja, essa possibilidade de ocorrer uma tragédia, – evidente que todo show de grandes proporções terá seus desencontros – a festa foi extraordinária. Fazia tempo que não ia em uma festa de tamanhas proporções no Estado de RN.

  3. Fui ao show… curti a festa bem próximo ao palco, mas acreditem não percebi tumulto algum… leves empurrões (mas tbm não dava p esperar q vc ficaria estática e imóvel num show daqueles), e com relação à saída p mim foi super tranquila, a passos de pinguim, mas com educação, as pessoas até cediam espaço para os mais apressadinhos passarem… até p pegar o ônibus foi tranquilo… não sei se eu estava anestesiada com o espetáculo maravilhoso que assiti ou se foi pura e simplismente sorte!

  4. Se esse show fosse em Recife ou até Maceió, teríamos com certeza as manchetes a que Marlos se referiu. Parabéns público de Natal, deram uma aula de civilidade e educação. Gostei de ver!!!

  5. Eu estava lá… E claro, teve muita gente querendo sair ao mesmo tempo, mas não vi nada de mais na saída… E olha que saí assim q acabou, parecia a saida de um estádio em dia de jogo, coisa normal… Nãi vi nada de anormal…

    Curti bastante o show, foram duas bandas que escutei muito por muito tempo, talvez a falta de novidades me fez parar mais de ouvir, mas “recordar é viver” e valeu a pena ir ver o encontro…

  6. Cara, não tinha como não tá cheio, como macaco disse, é a equação básica para o formigueiro, não vi esse tumulto todo não, saí na hora que acabou, tava normal, tenho certeza que teve menos confusão que dia de jogo auhsduasduh

    teve Chico César na UFRN “depois”, foi legal, pena q ele só tocou umas 5 músicas pq o reitor mandou parar =p

  7. ontem abriram todas as saídas do estádio, sinal de que realmente o bicho pegou no primeiro dia:

    “Todos os portões do Machadão foram liberados para a saída do público, no intuito de evitar o aperto que marcou o fim da primeira noite de shows, quando o estádio recebeu mais de 30 mil pessoas para as apresentações de Titãs e Paralamas do Sucesso. A programação do Auto de Natal será encerrada hoje, com a encenação do Auto e o show da cantora Elba Ramalho.”

    fonte: dnonline

  8. cara o show foi muito bom! Tirando uns marginais que ficavam se empurrando o tempo todo bem proximo ao palco e a saida que foi meio tumultuada mas natal realmente deu uma aula de educaçao principalmente ao prestigiar o show de duas bandas consagradas no cenario do rock nacional mostrando que a populaçao daqui nao curte so forro deveria haver mais shows de rock aqui em natal como tinha antes do rappa, de charlie brown, raimundos entre outros

  9. erick, sugiro que vc visite o centro cultural dosol na ribeira, lá tem tido vários shows de rock bem interessantes. Não é das bandas do mainstream nacional mas vc pode encontrar excelentes grupos e até fissurar em alguns deles. fica o toque…

  10. Fazia tempo que n via um show com tanta qualidade em Natal,um publico altamente diferenciado de idades mas com muita educaçao,nos divertimos com segurança.Esperamos que um show desse nivel se repita em Natal pois o puplico prestegia mesmo. OBS:Fui saindo antes do bis e perguntei a um segurança que estava no portao porque so havia um portao aberto e ele disse que a organizaçao n esperava aquele publico.Santa inocencia show de PARALAMAS E TITAS nao lotar e impossivel.OK,mas atençao aos portoes das proximas vezes.Fora isso estao de parabens………….

  11. Estava no campo, sai no final do show, pela saída de emergência, mas não vi nada disso!!
    Achei que o pessoal estava super educado, mostrando que por ser gratuito não precisou virar bagunça!!
    Valeu a pena, o show foi 10!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *