BANDAS POTIGUARES FAZEM SHOW BRASIL AFORA

eyh
Foto: Flávio Horroroso do EYH em ação no Festival Dosol 2008. Por Nicolas Gomes

Como diria o Cachorro Grande, As próximas horas serão muito boas para as bandas potiguares. Três delas seguem viagem para se apresentar Brasil afora neste próximos dias. O Calistoga embarca para o centro-oeste do país para se apresentar no Festival Calango (que também fez convite ao Camarones Orquestra Guitarrística) em Cuiabá. Na sequência a banda toca em Campo Grande nas Noites Fora do Eixo e antes de voltar pra casa e se apresentar no Festival dosol 2009 tocam no Aumenta Que É rock em João Pessoa.

O Venice Under Water aproveita a programação do Festival Dosol Drops Recife e se apresenta por lá na próxima terça. O Expose Your Hate também vai longe e toca neste final de semana em Brasília no Ferrock Festival.

Os meses de novembro e dezembro também serão movimentados com tour de 6 datas do Rejects em São Paulo e o começo da tour Nordeste do Camarones Orquestra Guitarrística que vai passar por 9 cidades. Pé na estrada minha gente!

AS CARAS NOVAS DO FESTIVAL DOSOL 2009

PROJETO TRINCA 02
Foto: Projeto Trinca (RN)

AS CARAS NOVAS DO FESTIVAL DOSOL 2009

Com 23 bandas potiguares na escalação, evento é a maior vitrine de bandas novas do estado

O principal papel de um festival de música independente em qualquer região do país é revelar os novos grupos e trazer as novidades da música brasileira para público e crítica. No Festival Dosol que acontece em Natal dias 07 e 08 de novembro não é diferente.

Na escalação final do evento, ao todo 23 bandas e artistas potiguares estarão se apresentando. Muitos deles terão sua primeira oportunidade num palco de festival e prometem não fazer feio.  Separamos quatro destaques  - todos com sonoridades diferentes entre si –  da renovada cena potiguar para representar os “calouros”:  Projeto Trinca, ITEP, Venice Under Water e Rejects.

PROJETO TRINCA (RN) – Composições no violão, melodias inspiradas na nova MPB (Los Hermanos, Roberta Sá) e barulhinhos eletrônicos compondo o cenário. Esse é o Projeto Trinca que faz praticamente seu show de estréia no Festival Dosol – Música Contemporânea no dia 19 de novembro. A banda prepara um disco autoral e já tem soltado algumas novidades no seu myspace. Mesmo novato, o Projeto Trinca é um dos shows mais aguardados de toda a programação.

Escute aqui: http://www.myspace.com/projetotrinca

ITEP (RN) – Violência, desigualdades sociais, peso, gritos e stage dives. O quinteto ITEP faz sua estréia no palco dos festivais com o som agressivo do metalcore mais pesado. O EP de estréia está distribuído gratuitamente na internet e chama-se “Insulto aos Tiranos Exploradores do Povo“. Altamente recomendado para quem gosta de DFC, Ratos de Porão e hardcore pesado em geral.

Escute aqui: http://www.myspace.com/xitepx

VENICE UNDER WATER (RN) – Trazendo um rock melódico em bom inglês, o Venice Under Water já merecia há um tempo uma chance em palcos de festivais independentes. Esse ano a hora deles chegou e a banda parece pronta para assumir o papel de protagonista do rock potiguar. Além do Festival Dosol 2009 o grupo ainda se apresenta na edição drops do evento que acontece em Recife no mesmo final de semana. Se você gosta de Foo Fighters e Incubus, pode ouvir na certeza de que vai gostar.

Escute aqui: http://www.myspace.com/veniceunderwater

REJECTS (RN) – Mesmo sendo uma novata no nome, o que não falta é experiência pro trio potiguar Rejects. Com Anderson Foca, Júlio Cortez e Marcelo Costa na formação (que trazem no currículo bandas como Allface, Ravengar, General Junkie, The Sinks, entre outras) o power trio atualiza com muitos decibéis o rock básico e clássico com influências que vão desde o trash metal, a o rock carrancudo de bandas como Motorhead até as melodias sujas do grunge. O EP “Green” lançado há dois meses vem batendo recorde de downloads e tornando a banda mais conhecida no meio independente.

Escute aqui: http://www.myspace.com/rejectsrock

Os ingressos para o Festival Dosol 2009 já estão a venda nas Lojas Spicy do Natal Shopping e do MidWay Mall com preços promocionais de R$20,00 individual e R$30,00 a casadinha pros dois dias do evento.

O Festival Dosol 2009 tem patrocínio da Oi através da Lei Estadual Câmara Cascudo e Governo do Estado e apoio do Praia Mar Hotel e Holiday In através do programa Djalma Maranhão de incentivo a Cultura. Também apóia a iniciativa o Oi Futuro. Todas as informações e escalação completa do evento pode ser conferida no portal www.dosol.com.br .

SERVIÇO
O que? Festival Dosol 2009
Onde? Rua Chile, Ribeira, Natal/RN
Quando? Dias 07 e 08 de novembro a partir das 15h
Quanto? R$20,00 ingresso individual e R$30,00 para a casadinha dos dois dias.
Ponto de Venda? Lojas Spicy, Natal Shopping e Midway Mall.
Informações? 3642-1520 ou WWW.dosol.com.br

FESTIVAL DOSOL 2009 – AQUECIMENTO: MUGO (GO) E REJECTS (RN) COM CLIPS!

As bandas que vão se apresentar no Festival Dosol 2009 estão em plena atividade. Assista agora dois clips de grupos que passarão por aqui que vão estréiar na programação da MTV nos próximos dias. O trio local Rejects estréia clip neste sábado, dia 19 de setembro às 11h no LAB MTV. O Mugo de Goiânia também vai estrear clip na MTV mas a data ainda não foi confirmada. Assista os dois agora!

CENTRO CULTURAL DOSOL: REJECTS E VENICE UNDER WATER LANÇAM EPS NESTE SÁBADO!

Além do lançamento do EPs do Psicomancia e ITEP no primeiro turno de rock do Centro Cultural Dosol neste sábado o espaço recebe no segundo turno o lançamento do EPs do Rejects e Venice Under Water e ainda shows do Distro e Bugs com a festa começando às 22h. As duas bandas s~çao revelações de 2009 do rock potiguar. O Rejects está divulgando o EP Green que foi lançado em mais de 40 blogs simultaneamente na semana passada e já teve mais de 10.000 músicas baixadas de lá para cá.

Já o Venice Under Water lança seu terceiro EP, o elogiado “Infinity“. Veja o cartaz do show feito por césar Valença (guitarrista do Venice Under Water e designer do Dosol):

lançamento2 copy

CENTRO CULTURAL DOSOL: LANÇAMENTOS DE EPS PRÓXIMO FIM DE SEMANA!

Duas festas marcam lançamento de quatro bandas potiguares no sábado, dia 29 de agosto no Centro Cultural dosol. Às 17h a Noite Scream reuni bandas das mais variadas vertentes do som pesado para celebrar o lançamento dos eps do Psicomancia e ITEP. Às 22h o rock continua com a programação noturna recebendo o Bugs e o Distro e ainda os lançamentos dos EPS do Venice Under Water e Rejects. Veja cartaz!

NOITE SCREAM

ROCK POTIGUAR NEWS!

Notas rápidas do rock potiguar. Lá vai!

- O site Rock Potiguar fez cobertura do show do Matanza, Rejects, BNH e Flips domingo no Galpão 29. Clique aqui.

flamingdogsdiv

- O Inimigo falou dos Flaming Dogs que finalizaram EP aqui no Estúdio Dosol recentemente. Clique aqui.

- Nervochaos (SP), Plástico Lunar (SE), Distro (RN) e Comando Etílico (RN) são mais bandas confirmadas na programação do Festival Dosol 2009. Falamos delas com mais calma durante a semana.

- O Dosol passa a falar a partir de amanhã diretamente de Fortaleza contando tudo sobre a Feira da Música do Ceará. Entidades como ABRAFIN, Casas Associadas e outras dezenas de associações ligadas a música estarão por lá até domingo. E ainda tem uma centena de shows rolando!

rejects pequena

- O Rejects e sua ação de espalhar músicas em blogs foi destaque no site do Yahoo ontem. Clique Aqui. A banda lança o clip de “Get Up” ainda essa semana.

- O Projeto Poticanto, uma parceria entre seu idealizador e produtor Nelson Rebouças e a Fundação José Augusto, reapresenta Simona Talma interpretando canções de Valéria Oliveira e parceiros. Este show, que acontecerá quarta-feira, dia 19, às 20 horas, no Teatro de Cultura Popular Chico Daniel (TCP), teve sua 1ª edição realizada em dezembro de 2007. No seu 3º ano em atividades ininterruptas, o projeto já realizou 34 edições inéditas e mais 13 reedições, totalizando com este, 48 shows com composições 100% potiguares.

A entrada é franca.

Volte aqui durante o dia e veja mais notas e comentários…

DIA MUNDIAL DO ROCK NATAL: RESENHA PORTAL ROCK POTIGUAR

REJECTS DMR NET
Foto: Rejects por Jomar Dantas

Por Shilton Roque

Certa vez o Senhor Sílvio Santos quis ser cantor, dentre as mais toscas músicas em sua fita k7 tinha uma passagem de uma delas que era mais ou menos assim: “amanhã é domingo e espero que seja um dia de sol”. Foi mais ou menos com este pensamento que estavam os rockeiros natalenses no nosso sábado chuvoso. O domingo surge então ensolarado e pronto para todo os festejos solidários (vale salientar e parabenizar a iniciativa) do Dia Mundial do Rock.

Vamos ao rock então. O sol ainda pairava forte na Ribeira quando o Dr. Carnage sobe ao palco para mostrar seu punk horror cantando em português. A banda apresentou um repertório baseado em seu recém-lançado EP, o “Estilo Brucutu”, e covers do Zumbis do Espaço, forte influência do som dos caras. Destaque para “O Padre Fudeus”. Apesar de ser uma das caçulas do evento a banda mostrou porque foi escalada para tal.

Após toda carnificina e relatos de filme B, já tínhamos umas 100 pessoas nas dependências, hora de correr então para o Armazém onde o Driveout (com nova formação) e sua fiel garotada estavam. O show começou com a nova versão de “Olhos Abertos”. Percebo a cada show que a banda está colocando um pouco mais de peso em suas músicas, sem deixar o lado melódico (por vezes até demais) de lado. Músicas como “Sua canção” e “Entorpecer” fizeram parte do repertório. Como de praxe encerraram o show com “Mais uma vez” e de uma forma um tanto quanto inusitada a banda foi descendo do palco um a um até ficar somente o Leo (baterista) fazendo um solo de bateria. Continuar lendo

COMO FOI? DIA MUNDIAL DO ROCK NATAL

dia-mundial-do-rock-publico-net
Foto: Mais de 1.500 pessoas prestigiaram o rock.

Texto e fotos por Foca

Numa noite histórica e com as bandas inspiradas, Natal viu sua data de comemoração do Dia Mundial do Rock se transformar de vez numa das maiores celebrações do rock local, reunindo mais de 1.500 pessoas e juntando cerca de 1,5 toneladas de alimentos variados que serão doados para algumas instituições necessitadas.

dia-mundial-do-rock-dr-carnage-net
Foto: Dr. Carnage em ação

Já no começo das apresentações a tarde/noite de rock prometia ser inesquecível como realmente foi. Às 16h30 o Dr. Carnage começou sua apresentação com músicas do primeiro EP da banda (que deve estar para download nos próximos dias aqui no Portal Dosol) misturando influências que vão de Raimundos a horror punk no geral. Show preciso, bacana e que serviu para esquentar o clima.

dia-mundial-do-rock-driveout-net
Foto: DriveOut

O DriveOut deu seguimento aos shows com um bom rock emo, mostrando o quanto a banda melhorou com o lançamento do seu mais recente trabalho. Os vocais são acertados, as guitarras bem postadas e a presença de palco da banda também impressiona. Para os amantes do estilo fica a dica: essa é uma das melhores bandas de Natal nessa praia. O Armazém Hall ainda não estava cheio, o que prejudicou um pouco a sonorização do espaço (que tem um teto de zinco que reverbera muito o som no ambiente).

dia-mundial-do-rock-bugs-02-net
Foto: Bugs mandando bala.

Quando o Bugs começou sua apresentação, o espaço separado para os shows (o mesmo do Festival Dosol) começou a lotar e o clima esquentou de vez até o final. O quarteto potiguar vem numa série de shows certeira, com músicas rock riffadas, guitarras se entrentando e com baixo escalado e sujo de Paolo fazendo a ponte para tudo isso. O resultado é sempre shows excelentes, um atrás do outro. Foi bom ver a alegria dos rapazes ao final das apresentações, principalmente porque o Bugs, mesmo sendo um sucesso entre os mais iniciados, nunca foi uma banda muito aclamada pela platéia “comum”, só que ontem a coisa foi diferente.

Já com cerca de 1.500 pessoas na rua e nos dois galpões (e com o som do Armazém Hall mais controlado), o Distro começou a mostrar seu ataque sonoro e o fez muito bem, mesmo com a tensão dos integrantes pela ausência “até os 45 minutos do segundo tempo” do vocalista e guitarrista Vinicius Menna. Fica sempre a dica para galera confiar nos horários dos shows, vi muita gente dizendo que perdeu esse ou aquele grupo porque não dava fé que ia começar na hora, e olhe que com a ausência de um dos grupos, o Fewell, começamos a programação com meia hora de espera.

dia-mundial-do-rock-rejects-04
Foto: Rejects, qual é a música? click por Clever César

Toquei com o Rejects e fizemos apenas nosso terceiro show. O som do palco estava excelente, a platéia insana, o set afiado e o show rolou bonito. De saldo um bumbo furado, um óculos quebrado, um cara com o joelho torcido e um Led Zepellin no final só para mostrar de onde viemos. Foi sensacional a sensação…

dia-mundial-do-rock-ak
Foto: AK-47

Com João todo pintado de vermelho, beijos comunitários em cima do palco, peso, gritarias e performances cênicas subiu ao palco o AK-47. Uns gostam bastante, outros não acham lá grande coisa, mas o que importa sempre é que o show dos jovens nunca passa desapercebido e isso é um mérito. Ontem, musicalmente o grupo estava bastante afiado e coeso. Só continuaram o clima de celebração que se abateu sobre o lindo entardecer na Ribeira.

dia-mundial-do-rock-os-bonnies-02-net
Foto: Lotação máxima para conferir Os Bonnies

Sem espaço para mais ninguém o quarteto Os Bonnies fez ontem a melhor apresentação de toda a noite, obrigando a organização a quebrar o protocolo e deixar o som rolar por quase 50 minutos (quando todas as bandas tocaram apenas 30). Isso se deu porque ficou impossível terminar com a festa que a banda fazia com a platéia. Foi catarse dançante e bêbada como poucas vezes presenciei no Dosol. Em dado momento a coisa saiu do controle total e fomos obrigados (até pelo excesso de público) a fazer dois shows simultaneamente.

Foi lindo: os metal banguers cantando com o Comando Etílico e os rockers dançando com Os Bonnies numa verdadeira celebração do rock n`roll, exatamente como imaginávamos. Briga? Treta? Nada disso aconteceu a noite inteira como é de costume em 95% dos shows de rock que presencio na cidade.

dia-mundial-do-rock-comando-01
Foto: Roda no Comando Etílico

O Comando Etílico fez o que se esperava de uma grande grupo de metal (hoje, o melhor da cidade na minha opinião): juntou as hordas metálicas, distribui riffs metal e vocais falsetes com maestria e botou todo mundo para bater cabeça. Todo mundo mesmo! Se no WarmUp do Festival Dosol a banda já tinha se saído bem mesmo abrindo a programação, imaginem ontem com a casa cheia? Go banguers!!!!

Para finalizar a noitada tivemos que fazer uma mudança de palco para segurar o enorme público que presenciou os shows, trazendo a aparesentação do Psicomancia que seria no Dosol para o Armazém Hall (que é três vezes maior). O Metal Core da banda rolou bonito também com um cover do Pantera agitando a platéia geral, lado b lado a, mosh pit e tudo o que um som desse embala. Vi gente com o nariz inchado ao final. A roda não é para os fracos, tem que se garantir ou arredar dela.

Fim de show. Fim de festa. Sensação de dever cumprido com a arrecadação dos alimentos e um grande evento que promete entrar pro calendário roqueiro da cidade assim como o Festival Dosol, CaosNatal e a Chamada Carnavalesca do Rock. Que assim seja. Valeu!

VEJA FOTOS NO FLICK DO DOSOL

Em breve fotos De Jomar Dantas (Coletivo Noize) e cobertura do DOSOLTV

DIA MUNDIAL DO ROCK NATAL (AQUECIMENTO): MATÉRIA TRIBUNA DO NORTE (RN)

rejects-tres-net
Foto: Rejects (por Patrícia Gomes)

O show comemorativo ao Dia Mundial do Rock em Natal é neste domingo. Confira matéria que saiu hoje na Tribuna do Norte.

Um dia voltado especialmente para o Rock

http://tribunadonorte.com.br/noticia.php?id=116186

O gênero musical mais popular do mundo nem precisava de um dia oficial, mas criaram um, e é preciso celebrá-lo. A data é 13 de julho, mas ainda vale comemorar com certo atraso na festa que o Centro Cultural Dosol e a Fundação Capitania das Artes promovem neste domingo: das 16 às 21h, dez bandas irão se apresentar entre o bar Dosol e o Armazém Hall, na Ribeira, dentro da ação “Dia Mundial do Rock Natal – Uma Tonelada de Música e Solidariedade”. A entrada é 1kg de alimento não-perecível, destinada a instituições de caridade.

As bandas escaladas proporcionam uma visão geral do que se anda fazendo em rock em Natal, em todos os gêneros. A tarde começará, no palco Dosol, com a banda Dr. Carnage; às 16h30, Driveout (palco Armazém Hall); às 17h, Bugs (Dosol); às 17h30, Fewell (Armazém Hall); às 18h, Rejects (Dosol); às 18h30, Distro (Armazém Hall); às 19h, Os Bonnies (Dosol); às 19h30, AK-47 (Armazém Hall); às 20h, Psicomancia (Dosol), e por fim, às 20h30, a banda Comando Etílico (Armazém Hall).

Segundo a produção do evento, a ideia é conseguir arrecadar, no mínimo, uma tonelada de alimentos na ação. E, claro, também celebrar o Dia Mundial do Rock. A data foi instituída em 1985, por ocasião do “Live Aid – festival pelo fim da fome na Etiópia”. O Live Aid foi um festival que aconteceu simultaneamente na Filadélfia (EUA) e em Londres (Inglaterra) e trouxe nomes como Black Sabbath (com Ozzy), Status Quo, INXS, Mick Jagger, David Bowie, Dire Straits, Queen, Judas Priest, Bob Dylan, Duran Duran, Santana, The Who e Phil Collins entre muitos outros. Portanto, rock e atos filantrópicos podem combinar muito bem.

Serviço:
Dia Mundial do Rock . Domingo, a partir das 16h, entre o Dosol e o Armazém Hall, Ribeira. Entrada: 1kg de alimento

AQUECIMENTO DIA MUNDIAL DO ROCK: REJECTS (RN) COMEÇA A GRAVAR SEGUNDO REGISTRO HOJE

rejects-sxsw-051
Foto: Rejects (RN) em ação no Centro Cultural Dosol

O trio potiguar Rejects começa hoje a registrar seu segundo trabalho. A sessão de gravações será no Estúdio Dosol com mixagem agendada no Estúdio Megafone. Os planos para esse trabalho é dar continuidade a leva de composições que marcaram a estréia da banda. O próximo EP que deve sair em meados de agosto deve contar com 6 faixas.

“Não sabemos ainda como vai soar esas músicas novas, algumas faixas são inclusive instrumentais. estmos trabalhando duro para compor algo bacana e que fique legal em trio. essa é a nossa meta”, diz Foca, baixista do Rejects

AGENDA
Confira agora a agenda do Rejects para os próximos dias:

Terça, dia 07 de julho
Gravação do EP: Estúdio Dosol

Quarta, dia 08 de julho
Gravação do EP: Estúdio Dosol

Sábado, dia 18 de julho, 18h
Show em Nalva Café e Salão

Com Flaming Dogs e outras

Domingo, dia 19 de julho, 16h
Show no Dia Mundial do rock – Natal

Centro Cultural Dosol
Com Comando Etílico, Fewell, Distro e outras

Sábado, 01 de agosto, 19h
Festa Lado [R]

Centro Cultural Dosol
Com Bugs e outras

CONFIRA O VIDEO RELASE DO REJECTS
[youtube:http://www.youtube.com/watch?v=nNkSdyJ3ZqA]

NÃO ESQUEÇA!!!

Domingo, 19 de julho, 16h
DIA MUNDIAL DO ROCK NATAL
UMA TONELADA DE MÚSICA E SOLIDARIEDADE

Entrada: 1kg de alimento (Não perecível e sem ser sal)
Local: Centro Cultural dosol, Armazém Hall e Rua Chile

PALCO DOSOL – 16H – Dr. Carnage
PALCO ARMAZÉM HALL – 16H30 – Driveout
PALCO DOSOL – 17H – Bugs
PALCO ARMAZÉM HALL – 17H30 – Fewell
PALCO DOSOL – 18H – Rejects
PALCO ARMAZÉM HALL 18H30 – Distro
PALCO DOSOL – 19H – Os Bonnies
PALCO ARMAZÉM HALL – 19H30 – Ak-47
PALCO DOSOL – 20H – Psicomancia
PALCO ARMAZÉM HALL – 20H30 – Comando Etílico

ESTÚDIO DOSOL NEWS: VENICE, FLIPERAMA E REJECTS

fliperama
Foto: Fliperama finaliza seu áudio na próxima sexta no Estúdio Dosol

Vamos dar um pequeno informe sobre todas as movimentações dos úlimos dias no Estúdio Dosol. Quem está por aqui com todo gás é o Venice Under Water gravando cinco faixas do seu mais novo trabalho com formação nova. O grupo vem ensaiando há um tempo e está resgistrando ótimas músicas com um crescimento muito positivo do vocalista Raniere e experimentando violões, levadas mais calmas entre outras novidades sonoras com relação a trabalhos anteriores.

O Fliperama também está em ação no estúdio gravando seis faixas dentro do Edital Nubia Lafayete que a banda ganhou no mês passado. A sonoridade do ep também tem mudaças com músicas mais tranquilas mas com a boa e velha pegada chiclete que marca a carreira desse ótimo grupo potiguar.

O Rejects, que lançou há poucos dias seu primeiro registro (uma faixa só contendo cinco temas em 12 minutos) também preparar novas gravações para a semana que vem. Devem ser registradas de quatro a cinco faixas novas para a continuidade esse trabalho.

Estão agendados pros próximos dias por aqui o Fall Of Hill (RN), Cerva Grátis (PB) e o Noskill (PB). O Bugs e Dr. Carnage estão em fase final de mixagem de seus trabalhos e devem estar divulgando trabalhos novos gravados no Estúdio Dosol em muito breve.

Para agendar horários e fazer pesquisa de preços e equipamentos no Estúdio Dosol é só mandar email para assessoria@dosol.com.br

DIRETOR CRIATIVO DO SOUTH BY SOUTHWEST VEM À NATAL

sbs

A cantora e compositora Valéria Oliveira, que este ano participou do festival South by Southwest, mais conhecido como SXSW, promove em parceria com a Agência Cultural do SEBRAE/RN o seminário Experiência do South by Southwest.

O objetivo da cantora e compositora, que também atua como produtora cultural, é compartilhar com os artistas da cidade as experiências, os aprendizados e contatos realizados por ela, sua banda e equipe na 23ª edição do SXSW, festival realizado anualmente em março na capital do Texas, Austin.

Brent Grulke, diretor criativo do SXSW, participou da Feira da Música em 2008, quando conheceu o trabalho de Valéria Oliveira. O diretor esteve no Brasil à procura de talentos que pudessem apresentar novidades para o SXSW e afirmou em diversas entrevistas concedidas durante sua passagem pelo Brasil que o mercado americano tem procurado cada vez mais atrações brasileiras.

Este mês, Grulke participa em Recife do Porto Musical e, antes de retornar aos Estados Unidos, passa por Natal a convite de Valéria Oliveira para conhecer um pouco da cena musical da cidade e participar do seminário Experiência do South by Southwest, no qual apresentará sua visão acerca do mercado americano.

No seminário, serão repassados pela equipe de Valéria Oliveira os detalhes de como se inscrever no SXSW, a burocracia para a concessão do visto americano, que este ano impossibilitou a ida de artistas brasileiros ao festival, informações sobre o edital de intercâmbio do Ministério da Cultura – que concedeu recursos para as passagens da artistas e da banda -, os preparativos da viagem, uma exposição sobre o festival e as lições aprendidas.

Os participantes terão ainda a oportunidade de assistir à palestra de Josenilton Tavares, consultor do SEBRAE/RN, sobre planejamento de carreira para a área cultural, além de refletir sobre dicas de circulação para bandas que serão apresentadas por Anderson Foca do selo DoSol. O seminário, voltado para artistas e produtores da área musical, acontece na próxima segunda, 22/06, entre 8h30 e 12h30, no auditório do Sebrae.

Brent Grulke e sua intensa programação em Natal
Em 20 de junho, sábado, às 21h, Grulke assiste a uma mostra da apresentação do duo de baixo Sérgio Groove e Júnior Primata e, em seguida, ao show leve só as pedras, de Valéria Oliveira, apresentado no festival SXSW. No Budda Pub, Valéria será acompanhada por Jubileu Filho na guitarra, Paulo de Oliveira no baixo e Rogério ‘Pitomba’ na bateria.

Na mesma noite, às 23h, no Centro Cultural DoSol, na Ribeira, Brent Grulke assistirá a uma mostra da cena do rock independente de Natal, organizada pelo músico e produtor Anderson Foca. As apresentações ficarão por conta das bandas Rejects, Du Souto, Fewell e Rosa de Pedra. Na ocasião, Foca passará às mãos do diretor criativo do SXSW material promocional de diversas bandas da cidade.

Para o domingo, 21 de junho, às 19h, no Belle de Jour Bistrô, Brent se encontrará com artistas de carreira solo que queiram aproveitar sua vinda à cidade e apresentar seus materiais. Às 20h, ele terá a oportunidade de assistir ao show de blues de Simona Talma, acompanhada por Ulisses na gaita e Eduardo Taufic no teclado, que também dará uma pequena canja de seu talento.

O que é o SXSW
O South by Southwest Week, mais conhecido como SXSW, é um dos maiores festivais de música do mundo e a edição de 2009, que acaba de acontecer, contou com a participação da artista potiguar Valéria Oliveira.

Quem já passou pelo SXSW Music
É no lendário Festival de Música SXSW que novos talentos do circuito independente de diversos países debutam para a cena mundial e se integram a artistas já consagrados.

Nas últimas edições passaram por lá nomes tão importantes quanto Ben Harper, R.E.M., Lou Reed e Morrissey, assim como foram lançados artistas como Amy Winehouse, Vampire Weekend, Franz Ferdinand e Artic Monkeys.

Serviço
Programação de Brent Grulke em Natal
Clique nos links abaixo para mais informações.

20 de junho, sábado
Budda Pub

21h – Sérgio Groove e Júnior Primata duo de baixo
21h30 – Show Valéria Oliveira leve só as pedras

DoSol
23h – Apresentações das bandas Rejects, Du Souto,Fewell e Rosa de Pedra
Entrega de material para Brent Grulke

21 de junho, domingo
Belle de Jour Bistrô

20h – Show de blues com Simona Talma. Participação especial de Eduardo Taufic e Ulisses
21h – Entrega de material para Brent Grulke e bate-papo

22 de junho, segunda
Auditório do SEBRAE/RN
8h30 às 12h30 – Seminário Experiências do South by Southwest

CLIPPING: DOSOL – DIA 13/06/2009 COBERTURA ROCK POTIGUAR

Por Shilton Roque
Fotos: www.flickr.com/photos/dosol

Noite de rock muito barulhento, na estrutura feita na parte de baixo do Dosol, para um pouco mais de 60 rockeiros.

A primeira banda foi o Flaming Dogs. Os rapazes mandaram um som cheio de influência de bandas como o “The Hellacopters”, que por sinal culminou em sua derradeira música num cover desta banda “by the grace of god”. Um dos melhores da noite. Banda com boa pegada e um dos guitarristas demonstrou bastante energia no show, subindo até na batera e pulando (isso me lembra alguém).

Flaming Dogs

Logo depois os mossoroenses do The Velociraptors deram continuidade a proposta da noite, rock barulhento, cantando em inglês para galera ouvir até o talo. Encerraram sua apresentação com a única música em português que eu percebi “Roleta Russa” e com aquele caos de guitarras “jogadas” diante dos amps e o vocal/guitarrista tocando deitado no chão (instiga).

The Velociraptors

O Rejects foi a banda que deu seqüência a noitada, se a cozinha parecer familiar não é pura coincidência. Bem, seguindo ao apresentado no EP, a banda fez um show sem interrupções entre as músicas, o que achei bem bacana. O vocalista tem uma linha de vocal bem interessante, dá certa pegada a mais para o som que a banda faz, e para completar as minhas impressões Foca tocou um tanto quanto animado, parecia que tava com saudade dos palcos.

Rejects

Infelizmente não pude conferir o Bugs, quem sacou o som dos caras pode postar nos coments a impressão que teve do show.

O que não me agradou muito no geral (e isso já é bem pessoal) é que em shows com bandas de propostas deste estilo fica tudo muito repetitivo, uma banda parece muito com a outra, as músicas dentre elas mesmas fica muito igual. Mas é isso a noite terminou com garotos celebrando os festejos juninos soltando bombinhas do lado de fora do Dosol. Viva os festejos! Viva o rock!

COMO FOI? REJECTS, BUGS, VELOCIRAPTORS E FLAMING DOGS NO DOSOL

Por Foca

Foi uma tarde noite invocada ontem no Dosol com um público de cerca de 80 pessoas para ver os shows na parte de baixo do bar, dando um clima legal na programação roqueira. Vamos fazer alguns comentários pontuais e por fotos de ação para vocês.

flaming-dogs-net
Tudo começou com o Flaming Dogs, que mostrou muita competência e boas guitarras ao longo do set, com destaque para o ótimo vocalista/baixista.

velociraptors-net
Logo depois veio os Velociraptors de Mossoró com um som parecido com os Flaming Dogs só que um pouco mais rápido. Também colocaram fogo no recinto com boas músicas e um cover dos MC5.

rejects-show-05-net
O Rejects (banda que toco baixo) estreiou e eu curti estar tocando novamente.

bugs-true-net
O Bugs fez um show muito bom, com direito até a bizz no final. Foi uma apresentação solta, leve e consistente do quarteto que cada dia que passa melhora.

Mais fotos no Flickr do Dosol

DOSOLTV: VÍDEO RELEASE – REJECTS (RN)

rejects-ensaio-pb-02

O trio potiguar Rejects estréia neste sábado nos palcos e para dar suporte ao lançamento do EP Devils Corner coloca na net o seu primeiro vídeo oficial. O material foi filmado no Estúdio Dosol e teve direção, produção de áudio e narração por Anderson Foca e edição e arte final por Ana Morena Tavares.

Além de contar um pouco do processo de gravação do ep o vídeo com 5 minutos de duração ainda tem takes ao vivo das faixas Fade Away, Sick Life e The Crawl. Recomendamos assistir o trabalho em high quality e full screen.

VÍDEO RELEASE – REJECTS (RN)
[youtube:http://www.youtube.com/watch?v=nNkSdyJ3ZqA]

MYSPACE REJECTS (RN)
www.myspace.com/rejectsrock

REJECTS (RN) – DEVIL`S CORNER (EP DOWNLOAD FREE)
http://www.badongo.com/file/14795868

REJECTS (RN) – DEVIL`S CORNER (EP DOWNLOAD FREE)
http://www.mediafire.com/?dmj1kzyzzk2

ESTRÉIA DO REJECTS: PRESS RELEASE

rejects-gig1

Neste sábado, às 17h no Centro Cultural Dosol, Ribeira acontece uma tarde/noite de rock com quatro bandas potiguares: Bugs, Velociraptors, Flaming Dogs e Rejects. O show marca a estréia nos palcos do Rejects, trio composto por Marcelo Costa (bateria), Anderson Foca (baixo e voz) e Júlio Cortez (Guitarra e voz).

Apesar de ser uma estréia os envolvidos no projeto do Rejects já tem larga experiência com o rock natalense. Marcelo Costa foi baterista de bandas como General Junkie, SangueBlues e The Sinks, Júlio Cortez já passou pelo Groisman, Ravengar, Allface, entre outras e Anderson Foca também já teve em bandas como Sinks e Allface além de ser um dos cabeças do Dosol, combo de atividades culturais bastante atuante na cidade.

O trio passeia na praia do rock mais clássico enfatizando bem as guitaras e o peso das levadas. “Quisemos explorar o lado mais simples e intenso do rock, por esse motivo as músicas sairam com bastante força e intensidade. Estamos satisfeitos com essas primeiras composições“, diz Foca. Toda a divulgação da banda é feita através da internet em sites de relacionamento como o myspace e twitter. O EP de estréia intitulado “Devil`s Corner” também está sendo diponibilizado para download gratutito no Portal Dosol, no endereço www.dosol.com.br. “É uma forma de se comunicar com as pessoas e manter uma relação mais direta com elas, sem aqueles estrelismo e distaciamento idiota que formavam a relação entre fã e músico, que sempre foi passional e pouco duradoura“, diz Foca.

O EP “Devils Corner” do Rejects tem algumas particularidades interessantes. A banda em vez de gravar as músicas separadas, fez todo o take do EP numa única faixa fazendo com que o trabalho ficasse mais coeso. “Nosso processo de gravação nesta primeira etapa foi bem ágil, estávamos com vontade de registrar as primeiras idéias, os primeiros esboços, até pra ver se teria o impacto e força que estávamos procurando, se uma segunda guitarra faria falta, se o vocal estaria no nível que pensamos. As letras são metáforas sobre situações do cotidiano e interpretações sobre experiências próprias, nada muito gratuito“, diz Júlio Cortez.

Além do show deste sábado, o trio já tem outras apresentações marcadas e convites para shows fora do estado. Toda a programação do Centro Cultural Dosol pode ser conferida no www.dosol.com.br.

SERVIÇO
O Que? Estréia do Rejects
Quando? Sábado, dia 13 de junho, 17h
Onde? Centro Cultural Dosol, Rua Chile, Ribeira
Atrações? Rejects, Bugs, Velociraptors e Flaming dogs
Preço? R$3,00

PODCAST RÁDIO DOSOL: 07/06/2009

rejects-dosol-post-01
Foto: Rejects faz show de estréia no próximo sábado no Dosol.

PODCAST RÁDIO DOSOL ESPECIAL – LANÇAMENTOS POTIGUARES

O Podcast Rádio Dosol de hoje, a sua meia hora semanal de áudio roquístico, está chegando. Hoje o programa é especial  “Lançamentos Potiguares”, enfocando quatro bandas que acabaram de lançar novos áudios na cena natalense. São elas Rejects, Fewell, Bugs e Distro. Então se você quer dar uma atualizada ou vai enfrentar trânsito, fazer um exercício e afins nos próximos dias, baixe nosso programa e ouça no ipod, ipobre ou telefone celular. Lineup de hoje:

REJECTS – FADE AWAY
REJECTS – DEVIL’S CORNER
FEWELL – I KNOW YOU KNOW
FEWELL – NEVER SAW THE SEA
DISTRO – LITTLE LION
DISTRO – ME FAVORITE LIFE
BUGS – RUMINANDO VONTADES
BUGS – ELA VESTIU-SE DE CHAMAS

Apresentação: A. Foca
Duração: 44 min.

PARA BAIXAR CLIQUE AQUI

PARA SE INSCREVER NO RSS CLIQUE AQUI

REJECTS (RN) MARCA SHOW DE ESTRÉIA E DÁ ENTREVISTA

rejects-dosol-post-01

Por Fora do Eixo

Com um pouco mais de quatro meses de atividade o trio potiguar Rejects (RN) marca seu show de estréia que vai acontecer no sábado, dia 13 de junho no Centro Cultural Dosol, ao lado do Bugs, Velociraptors e Flaming Dogs em Natal. Aproveitando a deixa e o lançamento do EP Devil`s Corner falamos com Foca sobre o projeto. Leiam:

Fale um pouco dessa fase embrionária do projeto?
Foca -
Assim que Dante saiu do Sinks, eu e Marcelo resolvemos continuar tocando juntos, até por uma questão de afinidade que adquirimos durante os quase três anos que passamos na formação passada. A princípio a idéia era fazermos testes com alguns caras que pudessem cantar e tocar guitarra, para nos mantermos como um trio. Demos a sorte de ter um amigo meu de adolescente retornando à Natal depois de uma temporada em São Paulo e aí chamamos ele pros testes e vimos que ele era a pessoa certa. Então o Júlio Cortez assumiu esse posto e demos um começo ao Rejects.

Porque não continuou como Sinks só que com outro vocalista?
Foca - Num trio, as mudanças são radicais quando alguém abandona a formação. É 1/3 de mudanças e isso é muito significativo pro artístico da banda. Quando o Júlio entrou no projeto ficou soando muito diferente do que vínhamos fazendo antes e nem cogitamos a idéia de manter um mesmo nome. É tudo novo. Composições, postura, timbragem e tudo o que envolve o projeto.

Isso também é bom para dar um frescor e não ficar acomodado. Eu principalmente, sou um cara muito hiperativo e o fato de estar num projeto novo, mesmo com caras que já toquei durante minha vida toda é instigante. Estou curtindo o momento.

E como vai indo o processo de composição das músicas?
Foca - Muito ativo. Estamos praticamente criando uma música por ensaio e a coisa tem funcionado muito bem. Num primeiro momento foi estranho tocar o que estávamos tocando. Tava soando muito metal, muito pesado e reto. Foi bem o reflexo do que lançamos em Devil’s Corner. Peso e solidez para chegar chegando.

Resolvemos gravar as faixas todas juntas para dar essa sensação de peso onipresente. Acho que o resultado ficou bem interessante e, no geral, as pessoas estão simpatizando de alguma forma. Na segunda leva de composições vamos manter o mesmo pique mas não acredito que vamos gravar tudo junto como na primeira vez. A idéia é soltar coisas novas de três em três meses e copilar tudo no fim do ano para facilitar a vida de quem gosta de baixar o trabalho.

E como o Rejects se coloca na atual cena do rock potiguar?
Foca – Sinceramente, não estou muito preocupado com isso agora. Somos caras com mais de trinta anos, temos nossos afazeres e encaramos a banda como um hobby e como um momento de comunhão roqueira da qual os três precisam para viver. Por isso e para isso temos essa banda. Então vamos fazer o nosso som, admirar o som dos amigos de outras bandas e dividir palco com eles sempre que pudermos. Eu particularmente estou tão envolvido com a cena rock de Natal por causa do Dosol que a banda nem chega a ser um complemento disso como já foi em outros tempos.

São três caras querendo tocar rock alto e pronto, sem muita preocupação com o pacote que vem junto. Tenho muita experiência com bandas e sei até onde podemos ir com o Rejects.

rejects-dosol-post-02

A voz de Júlio é muito diferente do que vemos normalmente nas bandas nacionais. Fale um pouco disso.
Foca - Rapaz… Júlio não era vocalista até três meses atrás e muito menos guitarrista. Ele sempre tocou baixo nas bandas que passou e a gente veio pro primeiro ensaio mais para tirar o mofo dos instrumentos do que para arrumar uma pessoa definitiva para ter na banda. Só que eu tinha gravado com ele umas faixas minhas num projeto chamado “P With Project” e curti o resultado. Na época achei muito diferente a voz dele e nesse mundão de bandas que tem hoje em dia, ter algum diferencial é primordial para se destacar ou chamar a atenção das pessoas.

Quando começamos a compor e encaixamos a voz, de cara achei que estava muito diferente de tudo o que eu havia feito. Soa pesado, rasgado e afinado. Lembra um pouco a voz do Hetfield do Metallica só que não somos uma banda de metal. Acho que isso ficou interessante. Vamos ver como soa daqui para frente.

E você vai continuar cantando?
Foca- Acho que fica de bom tamanho eu fazendo os backings. Eles são importantes para as nossas músicas. Devo cantar voz principal bem pouco.

O que tem pela frente pro Rejects?
Foca – Temos alguns shows marcados e resolvemos só ficar tocando perto de casa ou em casa por enquanto, apesar de já ter tido convites para tocar em quatro ou cinco capitais do Nordeste. Temos algumas pautas aqui para fazer, umas coisas internas com vídeo e outras atividades. Nos concentraremos em montar um show legal para os próximos dias e é isso.

AGENDA REJECTS (RN)

DIA 13 DE JUNHO – 17H
CENTRO CULTURAL DOSOL

REJECTS
BUGS
VELOCIRAPTORS ( Mossoró)
FLAMING DOGS
R$3,00

DIA 20 DE JUNHO, 23H
SHOW CASE SOUTH BY SOUTWEST

CENTRO CULTURAL DOSOL
REJECTS
DUSOUTO
OUTRAS…
ENTRADA FREE!

REJECTS – DEVILS CORNER DOWNLOAD
http://www.dosol.com.br/cds-virtuais/rejects-devils-corner

REJECTS – MYSPACE
www.myspace.com/rejectsrock