Internacional, Notícias

ROCK BRASILEIRO NA FRANÇA

Daniel Cariello, do Phonopop e que foi Overmano, junto comigo, na pré-história do então projeto Overmundo foi parar na França, onde está editando uma revista chamada “Brazuca“. Na última edição, eles lançaram uma coletânea virtual para divulgar na terra do croissant o que está rolando no rock independente do Brasil. A curadoria responsa de Fernando Rosa e Pedro Brandt resultou no seguinte repertório:

1. Los Porongas – Ao Cruzeiro (Senhor F Discos)
2. China – Jardim de inverno (Candeeiro)
3. Superguidis – Mais do que isso (Senhor F Discos)
4. Vanguart – Semáforo (Outra Coisa)
5. Ludov – Ciência (Mondo 77)
6. Beto Só – Meu Velho Escort (Senhor F Discos)
7. Violins – Manicômio (Monstro Discos)
8. Hurtmold – Sabo (Submarine Records)
9. O Quarto das Cinzas – Incontrolável (Independente)
10. Charme Chulo – Mazzaropi Incriminado (Independente)
11. Cravo Carbono – Café BR (Ná Records)
12. Móveis Coloniais de Acaju – Sem Palavras (Trama Virtual)
13. Pata de Elefante – Hey! (Monstro Discos)
14. Autoramas – Hotel Cervantes (Mondo 77)
15. Volver – Pra Deus Implorar (Senhor F Discos)
16. Lucy and The Popsonics – Chick Chick Boom (Monstro Discos)
17. Supercordas – 3.000 Folhas (Trombador)
18. Macaco Bong – Fuck You Lady (Monstro Discos)
Bônus:
19. Pio Lobato – Tecno da Saudade (Ná Records)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *