Editorial, Notícias

EDITORIAL DO SITE: ALIMENTEM A "PANELINHA"

Por Anderson Foca

Uma das coisas mais importantes que existem quando você trabalha com rock independente é encontrar os parceiros certos. Alguns mais preguiçosos e prepotentes chamam esse ato de “panelinha”, o que só esconde a preguiça de trabalhar de alguns grupos. É aquela velha história: substituem o “Faça você mesmo” pelo “Faça por mim”. Aqui no DoSol estamos sempre em busca de novos parceiros e nunca nos arrependemos de nenhuma ação realizada com eles. Vou dar alguns exemplos.

Aqui no nosso portal o conteúdo é mantido com a ajuda de alguns jornalistas parceiros. A geração da informação trás visibilidade para eles e mantém nossa audiência informada. É uma troca. No estúdio DoSol também fazemos mais ou menos a mesma coisa. A Xubba Musik, selo local que trabalha com rock indie, também grava sempre com a gente. Em troca conseguimos formatar bons preços, conseguimos parcerias para a finalização do áudio e ajudamos na produção artística das bandas do selo parceiro. Recentemente gravamos um DVD com vários grupos da Xubba e do Dosol. Sem eles no projeto seria inviável.

No Festival DoSol aí a coisa vai além dos limites da parceria. Para ver o festival sendo realizado a cada ano (principalmente quando não se tem patrocínio), muitas pessoas da cena local chegam até a gastar dinheiro para a coisa andar. É material gráfico gratuito, assessoria de imprensa gratuita, direção de palco, produção executiva. Tudo feito por um grupo que tem interesse que o festival continue em pé e vêem nele um evento que ajuda a divulgar o rock local. Outra troca interessante. Por que não ajudar a realizar um evento se ele vai beneficiar a todos os envolvidos (direta ou indiretamente)?

O espírito cooperativo é uma das grandes armas destes novos tempos. Achar o parceiro certo, alimentar as afinidades, repassar tecnologia e trabalhar em grupo é uma das poucas saídas para que possamos continuar atuando com força no mercado da música independente. Pensem nisso.

9 Comments

  1. pode crer… se a galera ficar de braço cruzado.. esperando que tudo caia do ceu nada vai pra frente! temos q ajudar uns aos outros! ….mesmo lance acontece com o skate aqui na cidade… nao temos pista publica, a galera só faz reclamar mas nao faz nada pra agilizar o projeto… dae fica dificil!

    JP (I.T.E.P.)

  2. Quem só assiste, não percebe a dificuldade que é fazer qualquer projeto sair do papel e se tornar realidade.
    E ainda por cima, dar um mínimo de lucro, pois saco vazio não se põe de pé.
    Tiro o chapéu para o Foca e toda a turma do DoSol.
    Não desistam nunca pois o rock’n’roll é a mola propulsora da renovação.

  3. Nêgo fala de “panelinha”, tem vontade de entrar pra tal panelinha mas não faz nada em troca… Nada cai do céu, busque seu espaço, foi assim desde o início.

    Mas muita gente quer apenas colher os frutos, mas esquece que pra tê-los precisa plantar. E já que não tem coragem pra tal coisa, começa a reclamar do pomar do vizinho.

    Corra atras do que você quer.

  4. É velinho, como vc sabe to na cena a muito tempo e conheço varias cenas do Brasil. Sempre tem esses cavalos de carroça p criticar quem faz. A maioria nunca entenderam a a filosofia do ” do it your self”, nunca fazem nada e criticam quem não faz por eles. Essas figurinhas tb costumam criticar bandas que crescem e chegam a algum lugar, excurcionam e gravam discos, mais o verdadeiro sonho deles é tocar na globo, e fazer pontinha em novelinha. Normal cara. Como sempre eles um dia ainda vão amadurecer…
    Saúde, força e Continue sempre lutando pelo que vc acredita!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *