DoSol Eventos, Natal

CORDEL DO FOGO ENCANTADO TOCA HOJE EM NATAL

Hoje tem show do Cordel do Fogo Encantado dentro da programação de fim de ano do Governo do Estado. O evento rola na Praça Cívica do Campus a partir das 19h. Veja matéria completa sobre a banda que saiu hoje no Diário de Natal:

Após o sucesso do fim de semana com arquibancas cheias e um público que se emocionou com o encontro entre Dominguinhos e a Orquestra Sinfônica, e também se entusiasmou com a mistura do rap com os acordes do sax e do violino, feita pelo MV Bill, a programação natalina promovida pelo Governo do Estado, através da Fundação José Augusto, tem continuidade até o próximo dia 25, no Anfiteatro da UFRN. Hoje, após a encenação do auto A festa do Menino Deus, haverá show com o grupo pernambucano Cordel do Fogo Encantado. A programação começa às 19h com a apresentação do Pastoril de Bom Pastor, às 20h ocorrerá a encenação e o show começas as 21h.

A festa do menino Deus é um auto natalino em homenagem ao nascimento de Jesus, com texto Racine Santos, música de Danilo Guanais, coreografia de Wanie Rose, direção de imagens de Wilberto Amaral e direção geral de João Marcelino. A montagem inicia nas margens do Rio Potengi, quando um grupo de pescadores da região encontra uma caixa de madeira, presa à Pedra do Rosário e que carrega uma santa. Um pobre casal de pescadores faz uma promessa: ‘‘Se de fato eu ficar grávida / Vou celebrar com fervor / Todo ano o nascimento / De Jesus, o Salvador’’. O milagre é realizado e a promessa começa a ser cumprida.

A encenação conta com um elenco de mais de 80 pessoas, entre atores, bailarinos e brincantes. As apresentações são abertas pelas apresentações de grupos folclóricos, com destaque para o Araruna no dia 25, data que marca a fundação da cidade do Natal, e na qual artistas locais, Jubileu, Glorinha Oliveira, Geraldo Carvalho, Galvão Filho, Khrystal e Lane Cardoso preparam o show Natal para Natal, alusivo à data comemorativa.

Atração

Em 1997 um grupo teatral formado por Lira Paes, Clayton Barros e Emerson Calado, estreou em Arcoverde (PE) o espetáculo Cordel do Fogo Encantado, que por dois anos foi sucesso de público e percorreu o interior pernambucano. na capital do referido estado o grupo ganhou mais duas adesões, os percussionistas Nego Henrique e Rafa Almeida, que modificaram a história do grupo.

No carnaval de 99, o Cordel do Fogo Encantado se apresenta no Festival Rec-Beat e o que era apenas uma peça teatral, ganha contornos de um espetáculo musical. Ao lirismo das composições somou-se a força rítmica e melódica dos tambores de culto-africano e a música passou a ficar em primeiro plano. Essa nova versão chamou atenção do público, crítica e ganhou projeção em outros estados.

Na formação, o carisma e a poesia de Lira Paes, a força do violão regional de Clayton Barros, a referência rock de Emerson Calado e o peso da levada dos tambores de Rafa Almeida e Nego Henrique. Cordel do Fogo Encantado passa a percorrer o país, conquistando a todos com suas apresentações únicas e antológicas. Em 200, com produção de Naná Vasconcelos, o grupo grava o primeiro disco. O segundo trabalho veio um ano após, O palhaço do circo sem futuro, lançado no primeiro semestre de 2003.

O grupo ganhou projeção internacional, com apresentações na Bélgica, Alemanha e França. Entre os prêmios conquistados pela banda estão o de banda revelação pela APCA (2001) e os de melhor grupo pelo BR-Rival (2002), Caras (2002), TIM (2003), Qualidade Brasil (2003) e o bi-campeonato do Prêmio Hangar (2002 e 2003). Em 2005 eles gravaram o DVD MTV Apresenta e no ano seguinte veio o terceiro trabalho, Transfiguração. O grupo é formado por: José Paes de Lira (voz e pandeiro), Clayton Barros (violão e voz), Emerson Calado (percussão e voz), Nego Henrique (percussão e voz) e Rafa Almeida (percussão e voz).

5 Comments

  1. q nada, o bixo tava malzão, e num apenas a erva naum! COM CERTEZA!
    era algo mais!
    Porém foi massa o show! a percussão detonou, como sempre, os cara mandam mto bem!
    espero q na proxima vez q o cordel venha em natal, o lirinha venha menos chapado e com voz!

  2. q nada, o bixo tava malzão, e num apenas a erva naum! COM CERTEZA!
    era algo mais!
    Más foi massa o show, tava lotado o anfiteatro, mto bonito mesmo..o palco tbm, sistema de iluminação…mto bacana. A percussão detonou, como sempre, os cara mandam mto bem!
    espero q na proxima vez q o cordel venha em natal, o lirinha venha menos chapado e com voz!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *