Coberturas

COMO FOI? PATO FU NO TEATRO RIACHUELO

Por Anderson Foca

Foi a primeira vez que fui ao Teatro Riachuelo e para quem trabalha com música na cidade não dá para não ficar impressionado com a qualidade do espaço. Visão do show impecável onde quer que você esteja, excelente hall de entrada, palco excelente e com área técnica tranquila para trabalhar e som e luz de primeira linha.

Ontem o espaço recebeu o show Música de Brinquedo, espetáculo extraordinário dos mineiros do Pato Fu. Já disse e repito, o Pato Fu é a maior e melhor banda pop em atuação no mercado brasileiro em muito tempo e também uma das poucas que soube fazer uma transição digna quando o mercado mudou, até porque nunca foi totalmente dirigida por esse mesmo mercado. O fato é que ano após ano, o grupo afasta a naftalina tão recorrente à bandas da sua geração e entrega discos autorais ou espetáculos interessantes como o que vi ontem por aqui.

Música de Brinquedo teoricamente e um espetáculo infantil, mas sinceramente, o lance é para gente grande que entende o que está acontecendo ali. Um palco completo de microfones sensíves deu voz a um sem número de brinquedos, artefatos e bizarrices que formaram uma sinfonia de ruídos afinados, dando margem para interpretações autênticas e non-sense de clássicos do cancioneiro popular nacional e internacional. Jonh e sua trupe protagonizam e deixa a meiga vocalista Fernanda Takai em segundo plano com papel apenas de conduzir vocais simples para conectar a genialidade da banda com o público “normal”.

E como é bom ver um show com começo, meio e fim né? A direção do espetáculo é impecável com textos excelentes e espirituosos entre as músicas e a participação de mamulengos reproduzindo a parte cantada por crianças no disco de estúdio. Ótima solução cênica que deixa coisa ainda mais amarrada e agradável.

Para quem é fã de primeira hora da banda ficou faltando só mais músicas do extenso currículo autoral que os mineiros tem na manga, mas pelo grandiosidade e proposta do show Música de Brinquedo, o Pato Fu está perdoado, mas ao mesmo tempo intimado a voltar em Natal com seu set próprio. Valeu cada centavo do ingresso.

2 Comments

  1. .
    Não pude ir ontem, mas assisti a um dos primeiros shows dessa turnê, ano passado, em Recife, no Teatro da UFPE. Fiquei encantada.
    Sou fã incondicional do Pato Fu e isso não me tira o mérito de dizer que é verdadeiramente um espetáculo a apresentação do Música de Brinquedo! Saí do show com cd e camiseta, e só não comprei as firulinhas de fazer os sons mais engraçados do show, porque tinham acabado antes de chegar minha vez na banca, hehehehe

    Que bom que todos que foram ao show, que eu conheço, gostaram!
    =)
    .

  2. Foca, vale salientar que os integrantes do Pato Fu estão em atividade com três espetáculos diferentes : A turnê do Música de Brinquedo, a Turnê do disco Luz Negra da Takai e a Turnê Daqui Pro Futuro com instrumentos “de verdade”. Fica a deixa pra ver o show do pato fu exclusivamente autoral no Festival Dosol 2011. Seria mágico.

    Abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *