COMO FOI? FESTA DE DEZ ANOS DO SEUZÉ NO DOSOL NATAL

9

Mais uma noite memorável. É assim que podemos resumir a festa de 10 anos da banda, que aconteceu no último sábado, no Centro Cultural DoSol.

Ainda no começo da noite, quando finalizamos a passagem de som e conseguimos tirar uma excelente sonoridade, comentamos que a noite daquele dia prometia. Quem tem banda e já teve a oportunidade de se apresentar ao vivo, sabe a diferença que um bom som faz para a “energia” de um show.

Ao voltarmos para o DoSol na hora do show, as expectativas cresciam à medida que víamos as imediações do bar com uma boa quantidade de pessoas.

E falar em DoSol é falar de Ribeira. Não existe outro bairro da cidade que fale mais sobre o SeuZé do que o que escolhemos para a nossa festa acontecer. Muitos dos nossos shows mais importantes aconteceram ali. Várias apresentações de outras bandas que vimos e inspiraram a criação do SeuZé também tiveram lugar no histórico bairro.

8
Andróide Sem Par iniciou os trabalhos pouco depois das 23h e executou as suas excelentes composições ao longo de uma hora de show. Foi muito bom ver a desenvoltura da banda e a maneira como as já ótimas canções ganham força ao vivo. Esperamos voltar a dividir o palco com os caras em breve.

Contamos ainda com a participação de alguns amigos que de alguma maneira se relacionaram com o SeuZé ao longo desses 10 anos.

Juão Nim, Diego Bezerra e Paulo Bristofen, do próprio Andróide Sem Par, Paulinho (Revolver), Luiz Gadelha, Xandi Rocha (ex-baterista do SeuZé) e Ticiano D’amore (Macaxeira Jazz), deram um brilho especial ao show.

Foi muito bom ver como algumas das nossas músicas ganharam nova vida na interpretação dos já citados amigos.

3
Nos últimos anos nos acostumamos a fazer shows em pubs e bares no estilo “inferninho”, o que particularmente gostamos muito. Mas tocar em palcos maiores, com estrutura de som mais potente, é outra experiência que apreciamos. E o som do Centro Cultural DoSol está um primor. Menção especial ao grande amigo Wagner D’elia (WSom), que já operou o som do SeuZé em incontáveis ocasiões e mais uma vez se garantiu.

As lembranças que temos do nosso show são passionais e carregadas de emoção, portanto, vamos ficar devendo uma análise mais técnica ou criteriosa da apresentação. Se você foi, tem uma opinião sobre o que viu e gosta de escrever, fique à vontade para relatar nos comentários desse post.

O que dá para dizer de maneira direta é que é uma sensação indescritível poder mostrar as nossas composições tão seriamente produzidas e gravadas a um público interessado e participativo como foi o de sábado. Participativo na hora de cantar cada refrão, de brindar na hora do “Sai Galada” ou na hora de praticamente esgotar o estoque de CDs e camisetas que levamos para a festa.

4
Agradecemos a todos os que compareceram, aos que não puderam ir, mas ajudaram na divulgação ou mandando boas vibrações. Fica um agradecimento especial para toda a crew do DoSol que trabalhou conosco no show e, claro, a Anderson Foca e Ana Morena pela parceria em praticamente todos os nossos projetos especiais para os dez anos da banda.

Dez anos que continuarão a ser celebrados ao longo de todo o ano nos singles que lançaremos, nas apresentações que continuaremos a fazer em Natal e outras cidades/estados e, principalmente, no documentário que lançaremos na ultima semana de abril em parceria com o DoSol Image.

Fique atento e comemore conosco!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>