COBERTURA FESTIVAL DOSOL 2014: O CHAPLIN

“Muita gente reclamou dos ingressos esgotados, principalmente nos dias em que Matanza e Pitty tocariam, e muito embora tenha havido a oportunidade de ingressos antecipados e também no dia das apresentações, todo local possui limites quanto ao número de pessoas e de ingressos, então infelizmente alguns acabaram ficando de fora. Houve pouquíssimos atrasos, bom pro festival e complicado pra quem queria ver bandas que estavam tocando no mesmo horário, e esse ano a integridade da Rua Chile e dos locais de shows realmente foi levada a sério, pois havia um batalhão de agentes de limpeza e vários banheiros químicos. Outra surpresa boa foi o aumento da quantidade dos quiosques de bebida e comida, então não houve muito sufoco no quesito pegar uma latinha ou salgado pra chamar de seu. Alguns até passavam no cartão, foi um avanço. Vamos agora pro que houve de melhor em cada dia.”

http://www.ochaplin.com/2014/11/festival-dosol-2014-a-musica-abraca-a-cidade.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>