Notícias

CLIPPING: SHOW DE WANDER WILDNER NO JORNAL DE HOJE

De brega, todo punk tem um pouco
Rodrigo Levino
Especial para o JH

Depois da pancada nos ouvidos com as guitarras e batida forte das bandas Cabozó, Folcore, Jane Fonda e os pernambucanos do Astronautas, o Circuito DoSol continua nesta sexta-feira. Agora trazendo ao palco uma quase-lenda da música independente brasileira: Wander Wildner.

O gaúcho, que começou a carreira na famosa banda punk Replicantes, há dez anos resolveu lançar-se sozinho na estrada e nos discos, forjando para si mesmo uma música e performance próximas de uma mistura do Legendary Tiger Man (one man band) com Waldick Soriano. Um punk brega cult por assim dizer. Com letras açucaradas, de fazer mal a qualquer diabético desavisado, e atitude roqueira no palco, Wander conseguiu nestes dez anos, além de muito respeito, cravar uma série de hits bem conhecidos no meio underground brasileiro, como as músicas “Empregada” e “Eu tenho uma camiseta escrita Eu Te Amo“.

O cantor alcançou alguma visibilidade no cenário nacional, depois que o grupo paulista Ira! regravou um grande sucesso seu, a música “Bebendo Vinho“. E é esta música que inspira o nome do seu mais recente lançamento, o disco “Dez anos bebendo vinho“. O disco ainda traz de bônus alguns clipes do cantor.Um outro lançamento que focou os holofotes no trovador-brega, foi o projeto acústico MTV Bandas Gaúchas. Assim, seu nome foi recebendo cada vez mais atenção do grande público, o que não significa que o músico tenha feito concessões.

Não são raras as apresentações solitárias, por falta de grana para transportar a banda completa. Foi assim no último Abril Pro Rock o que rendeu uma jam session bem interessante com a banda The Playboys. Mais underground impossível.

E como prometido, o Circuito DoSol continua promovendo a interação entre bons nomes da música independente nacional com bandas potiguares. Por isso o Montgomery abre a noite, levantando a bandeira da terrinha. Ainda divulgando o disco “Êxodo” lançado ano passado pelo selo Solaris, a banda vai desfiar seu som, um rock limpo e melódico alicerçado nas influências do rock inglês oitentista.Ouve-se nas músicas do Montgomery, melodias calcadas nos Smiths, além de algumas referências, seja nas letras ou nos arranjos, de nomes como o Joy Division. A música “Beijo de arame farpado” é um bom exemplo disso.

E para fechar a noite com chave de ouro, uma jam session entre os músicos presentes e bandas participantes do evento promete agitar o público, com muito rock’n’roll clássico e o que der na telha. Então a dica é esta: rock na Ribeira. Para começar o fim de semana de bem com os ouvidos. Viajando dos pubs ingleses da década de oitenta, até o punk meloso gaúcho. É o rock!

SERVIÇO
Circuito Rock DoSol

ATRAÇÕES: Wander Wildner (RS), Montgomery e Jam Session
QUANDO: Hoje, a partir das 22h
ONDE: DoSol Rock Bar, rua Chile, Ribeira
QUANTO: R$8,00, antecipado na Velver Discos ou no site www.temnamao.com.brI
NFORMAÇÕES: 9987-1520 / 3642-1520 ou www.dosol.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *