Clipping

CIRCUITO CULTURAL RIBEIRA: CLIPPING

TRIBUNA DO NORTE – http://tribunadonorte.com.br/noticia/um-pe-na-ribeira/233815

Eliade Pimentel – repórter

Para quem não for viajar, ou mesmo que “fuja” da cidade dá tempo de voltar, a dica é curtir o Circuito Ribeira neste domingão, que será realizado a partir das 16h do dia 14 e está repleto de novidades. Realizado em ação conjunta da Casa da Ribeira com o  Centro Cultural DoSol, o evento atrai uma vez por mês cerca de 6 mil pessoas em média, que circulam no velho bairro das 16h às 22h. O projeto foi enquadrado na Lei Câmara Cascudo e recebe patrocínio do Governo do Estado, Vivo e Cosern.

Alex FernandesJovens músicos do projeto Ilha da Música, sob a regência de Gilberto Cabral, se apresentam no Buraco da Catita. Aqui, ensaiam para a foto no Clube de Remo, o mais novo espaço a se integrar ao CircuitoJovens músicos do projeto Ilha da Música, sob a regência de Gilberto Cabral, se apresentam no Buraco da Catita. Aqui, ensaiam para a foto no Clube de Remo, o mais novo espaço a se integrar ao Circuito

O tradicional cortejo e ‘Lavagem do Beco da Quarentena’ sai da sede do Gira Dança (rua Frei Miguelinho), às 17h, e segue pelas ruas da Ribeira. Nesta edição do Circuito, será lançado o projeto CenAberta, que ganhou o prêmio Funarte/Minc Procultura e traz a diversidade do teatro, dança e performance com acesso facilitado.

O grupo mineiro Teatro Invertido fará três apresentações gratuitas do espetáculo Proibido Retornar, no sábado (13), às 20h, na Casa da Ribeira, e duas durante o circuito. De acordo com Henrique Fontes, diretor artístico da Casa da Ribeira, o CenAberta contemplou projetos de todo o Nordeste e trará até abril de 2013 atrações semanais para a Casa da Ribeira com o preço máximo de R$10.

“Para abrir o projeto decidimos fazer um circuito especial”, informou. Além dos espetáculos voltados para jovens e adultos, serão apresentadas atrações cênicas para a criançada. O Armazém Hall, localizado na rua Chile, será o Armazém Criança (das 16h às 18h),  com Mamulengo dos herdeiros de Chico de Daniel e o Grupo Estação contando e cantando histórias. Além disso, o performer André Bezerra (Coletivo ES3) levará 150 caranguejos para passear pelo bairro.

Escultura gigante

Também no domingo, o bairro ganha um presente histórico: uma obra de 12 m de altura do artista visual Guaraci Gabriel será instalada no Beco da Quarentena, com a proposta de revitalizar a via que é alvo de monturos de lixo. A obra A Flor na Raiz, orçada em R$ 10.950, teve parte do valor obtido graças a patrocínio. Para conseguir viabilizar o restante, a Casa da Ribeira está fazendo uma campanha colaborativa via Facebook, apostando naquela famosa letra de Raul Seixas: “Sonho que se sonha só é só um sonho que se sonha só. Mas sonho que se sonha junto é realidade” (Prelúdio). Segundo Guaraci, a obra “relata o sentido atual do beco e o sentimento de passado”.

O artista, que já participou de grandes eventos e bienais como Mercosul, Cuba e em Paris, é conhecido pelas esculturas monumentais em ferro.  “A ideia é revitalizar o Beco da Quarentena e torná-lo mais agradável para as pessoas que transitam no dia a dia da Ribeira, principalmente entre as ruas Chile e Frei Miguelinho”, declarou Gustavo Wanderley, diretor de planejamento e estratégia da Casa da Ribeira.

Para saber como participar da “vaquinha”, basta acessar o site da Casa da Ribeira. Os interessados podem doar quantias de R$ 20, 50, 100 e 200, com direito a ter os respectivos nomes na placa da obra. As colaborações podem ser feitas diretas com a casa ou depositadas na conta bancária da instituição. Haverá uma prestação de contas no dia 30 de outubro.

Proibido retornar

A movimentação na Ribeira no fim de semana começa no sábado à noite, com a abertura oficial do projeto Cena Aberta NE. Além dos grupos de Natal, o grupo mineiro Teatro Invertido fará apresentações gratuitas no sábado (13), às 20h, e no domingo às 18h30 e 20h. Após a primeira sessão, será lançado o livro Cena Invertida – Dramaturgias em Processo, que marca os sete anos de trajetória do grupo. O Teatro Invertido vem pela primeira vez a Natal graças aos prêmios Funarte Myriam Muniz e Procultura de programação de espaços cênicos.

Partindo de uma narrativa fragmentada e repleta de simbolismos, o personagem central do espetáculo Proibido Retornar, um imigrante do interior que busca oportunidades na capital, conduz o espectador por suas memórias afetivas, tendo como contraponto a realidade cruel e competitiva do ambiente urbano. Aos olhos do público, uma identidade cheia de sonhos e desejos vai se perdendo em meio à padronização das relações humanas e às imposições do mercado de trabalho.

Ao longo da encenação, os sentidos do espectador são instigados em diferentes níveis. O olfato, a visão, a audição, o paladar e o tato convidam o público a mergulhar na história, resgatando suas memórias e conflitos pessoais. O espetáculo Proibido retornar está em circulação em quatro estados brasileiros através do Prêmio Funarte de Teatro Myriam Muniz 2011.

Serviço: Espetáculo: Proibido Retornar – 13/10, às 20h, e 14, às 18h30 e 20h30. Local: Casa da Ribeira.

CIRCUITO CULTURAL RIBEIRA – 14 de outubro de 2012, das 16h às 22h.

Roteiro

CENTRO CULTURAL DOSOL

Uma das casas-realizadoras do evento, situada no número 40 da rua Chile, 40,  inicia sua programação musical às 18h, com as bandas  Rejects/RN, Emblemas Baile Funk/RN, seguida de Buguinha Dub e Neguedmundo PE/RN), e encerrando com a animada  DuSouto/RN.

CASA DA RIBEIRA

Co-produtora do evento, a Casa da Ribeira (rua Frei Miguelinho, 52), imprime programação teatral ao Circuito, com a intervenção cênica Desaparecidos, às 17h30, do Grupo Estandarte de Teatro (Intervenção Cênica) e, em duas sessões, Proibido Retornar, às 18h30 e às 20h30, do grupo mineiro Teatro Invertido, que vem a Natal graças ao projeto CenAberta.

BURACO DA CATITA

Os jovens músicos da Ilha da Música, projeto “tocado” pela produtora Inês Latorraca, acompanham o maestro e líder Gilberto Cabral,  no show Giba na Madrugada, com intervenção da Companhia de Dança do Teatro Alberto Maranhão (EDTAM). O espaço é situado à rua Câmara Cascudo.

GIRA DANÇA

Para quem gosta de dança, a festa continua no espaço Gira Dança (rua Frei Miguelinho, 100), que abre a lojinha Mundo Gira às 16h30. A companhia Gira Dança apresenta às 17h o espetáculo Um Sorriso para ser Feliz, seguido de Logun (Estudo nº 01 para Mókan). O espaço encerra a participação com a intervenção urbana Bebadorroubo, pela Mobilidade Cia de Dança (Intervenção Urbana) e apresentação de  A Quarta Parede – Anízia Marques (dança).

ARMAZÉM HALL
Situado na rua Chile, o espaço se transforma em Armazém Criança, com a performance (16h) Passeio Potiguar com 150 caranguejos, de André Bezerra, do Coletivo ES3. No mesmo horário, teatro de bonecos com Herdeiros de Chico Daniel (Josivan de Chico de Daniel). A programação infantil encerra às 17h com o aclamado espetáculo Estação dos Contos, do grupo Estação de Teatro, com Nara Kelly, Caio Padilha e Manu Azevedo. No mesmo local, haverá Samba de Roda, a partir das 19h.

ESQUINA DA DR. BARATA COM TAVARES DE LYRA

A festa do reggae, estilo musical que agrega uma verdadeira legião de fãs em Natal, acontecerá na esquina das Dr. Barata com Tavares de Lyra, das 18h às 22h, com a banda Missigena SoundSystem.

NALVA MELO CAFÉ SALÃO

A charmosa casa da cabeleireira Nalva Melo, na avenida Duque de Caxias, 110, abrigará a partir das 16h a palestra Linguagem cinematográfica, com Ana Cecília Aragão (Goiamum Audiovisual), seguido da Mostra  Curta Goiamum no Circuito (17h), mais exposição Caminhos e Itinerários, de Rosa Maciel, e intervenção visual  Esquetes para Nalva, de Clarissa Torres. O jazz toma conta do lugar às 20h, com  Bruna Hetzel.

ESPAÇO À DERIVA

Caracterizados de palhaços, um grupo de atores (preparados pela atriz paulista Adelvane Néia) sairá às ruas interagindo com o público. O ponto de partida da Saída Clown será a sede do grupo Atores à Deriva, situado  em frente à  Casa Da Ribeira. No local, destaque para a performance Dançando às Avessas, a partir das 19h.

GALPÃO 29

Dançante e eletrizante: a partir das 19h, a cena eletrônica toma conta da rua Chile, com a reunião de Djs que fazem a Eletronic Party. Para deixar a balada mais arrojada, performance Eu, com Junior Minhoca.

CONSULADO BAR

Com sua voz suave, o cantor e compositor Esso Alencar se apresenta no Consulado Bar, às 19h. Rua Câmara Cascudo, próximo ao Buraco da Catita.

CULTURA CLUBE

Líder do movimento regueiro potiguar, o músico e VJ Helder Lima inicia seleção de músicas e projeção de imagens às 18h, no espaço situado por trás do TAM, na avenida Rio Branco. A bandas  Faces Negras e Naturalmente se apresentam a partir das 19h.

ATELIER FLÁVIO FREITAS

O artista abre seu atelier (avenida Duque de Caxias, 182) para visitação, às 16h, disponibilizando diversas obras em exposição. No térreo do espaço, às 19h, concerto  Acorde na Ribeira, pelo Grupo Acorde.

CLUBE DO REMO

O Clube do Remo abre suas portas para um pôr do sol ao som da banda Androide Sem Par, que faz show acústico (16h30), seguido de performances artísticas. Será realizado no local o Club Bazar, com venda de produtos culturais, trocas e discotecagem.

CASA DE FERREIRA ITAJUBÁ

Espaço cultural localizado na rua Chile, no sobradinho que homenageia o poeta Ferreira Itajubá, haverá venda de produtos culturais no Bazar Itajubá, no número 63 da rua Chile.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *