Editorial

ARTIGO: O CIRCUITO CULTURAL RIBEIRA PRECISA CONTINUAR

Por Foca

Passadas quatro edições do Circuito Cultural Ribeira é hora de olhar para trás e fazer uma análise sobre o projeto e levantar uma discussão muito mais profunda sobre o contexto em que ele se realiza.

Analisar os números que o Circuito Cultural Ribeira atingiu em um pouco mais de quatro meses de realização, é quase assustador para os padrões do bairro. Basta dizer que quase 30.000 pessoas passaram por lá até agora, por si só uma mostra do que somos capazes de movimentar. Lembrem-se, a programação que oferecemos é gratuita e tem todo um conceito de diversidade e vanguarda embutido num pacote de formação de público e de sensibilização do poder público para essas atividades.

Seria fácil reunir esse número no show de Natal da Simone ou numa apresentação de algum “forró de plástico”. O caminho mais fácil não nos interessa e nunca interessou. Só deixaremos de andar na contramão quando a cultura for prioridade, observada pelo poder público e pela população no geral como um elemento de fortíssimo apelo educacional. Uma viga robusta de transformação em todos os sentidos. Nós mesmos somos prova dessa transformação e queremos replicá-la.

Dito isso, é importante que todo mundo saiba o quanto é difícil realizar um projeto como esse. Passamos quase dois anos preparando o terreno para essa construção. Juntos, Casa da Ribeira e Dosol bateram em muitas portas para tentar viabilizar minimamente a atividade. O programa Conexão Vivo acreditou na ideia e nos deu o suporte inicial para que déssemos os primeiros passos da iniciativa através da Lei Câmara Cascudo. Aporte que só vai durar até o mês que vem.

Num misto de teimosia e loucura, levaremos a atividade até Outubro praticamente com verba própria. Investimento na nossa casa, no nosso bairro e na nossa cidade. Os estabelecimentos culturais que estão conosco apostando no projeto, também estão ajudando nesta construção. Uma vitória jamais vista na longa história cultural que a Ribeira insiste em nos contar todos os dias. Pena que nem todos consigam fazer essa leitura.

O fato é que o Circuito Cultural Ribeira se tornou uma espécie de grito espontâneo da classe artística pelo bairro e que precisa de uma resposta a altura das mais variadas áreas da política cultural estatal. Seria uma afronta para classe, por exemplo, chegarmos ao final do ano e ver a extensa programação do Natal em Natal acontecendo em estádios e carnavais fora de época, quando a real e sólida atividade cultural da cidade acontece durante o ano inteiro em “outro lugar”.

Só pedimos mesmo que cada um faça a sua parte. Temos certeza absoluta certeza que estamos fazendo a nossa. Dosol e Casa da Ribeira estão completando dez anos de atividade. O que significa dizer que nem “entramos” para cultura hoje e nem “sairemos” da cultura amanhã. Temos muito trabalho pela frente nessa guerra e queremos mais guerreiros e cavalos de batalha para vencê-la.

Não sabemos até quando conseguiremos ter força para manter a chama do Circuito Cultural Ribeira iluminando o bairro como tem sido feito durante todo o primeiro semestre. Não somos o estado, não ditamos as regras e os trâmites da verba pública, não colocamos policiamento de prontidão, não limpamos as ruas e nem temos o poder absoluto de estruturar um bairro como a Ribeira. Como cidadãos e agentes culturais temos fôlego para gritos coletivos, mas já dá para perceber que o caldo está engrossando e que podemos fazer a diferença.

Para você que de alguma maneira participou do Circuito Cultural Ribeira até agora, o nosso muito obrigado. O bairro cultural da cidade agradece. Vamos em frente!

8 Comments

  1. é muito bonito ver que isso partiu do dosol e da casa da ribeira e se espalhou por todos os bares. se não tivesse uma pessoa que tomasse a frente de uma idéia genial como a do Circuito Cultural Ribeira, nunca algo do tipo iria acontecer. espero que o Circuito perdure por muito mais tempo. a ribeira nunca viu tanta gente 🙂

  2. Foi bonito reencontrar a Ribeira como no domingo que passou, belíssima iniciativa e vocês estão de parabéns! Várias tribos diferentes reunidas e o desejo comum da convivência cultural, coisa muito boa de se viver! Acredito que um festival gastronômico também é uma ótima maneira de dar continuidade ao processo de revitalização, movimentando os bares e enaltecendo outro bem cultural que é nossa gastronomia. O dever de trabalhar pela revitalização é principalmente do poder público, mas todos nós sabemos que falta sensibilidade… Então, acho muito louvável que continuem teimosos e loucos!

  3. Eu concordo em genero e grao com o foca, como frequentador assiduo do circuito cultural ribeira e fica o recado para os nossos queridos governantes, aonde está a verba de incentico a pratica da cultura em nossa cidade? para aonde esta indo o dinheiro dos royaltes, dos impostos, do icms e afins? para o meu bolso que não é, chega a ser vergonhoso um evento como esse acabar por faltar de iniciativa publica, sem contar que o beco da quarentena está mais que abandonado entregue ao lixo e a marginalidade, e olha que o que não falta é apelo da população, PREFEITA MICARLA, GOVERNADORA ROSALBA, DEPUTADOS E VEREADORES, cumpram com o seu dever a gente não quer so comida, a gente que comida, diversão e arte!!!

  4. Eu concordo inteiramente com o Foca, como frequentador assíduo do circuito cultural ribeira e contribuinte dos incentivos fiscais e pagador de impostos, fica o recado para os nossos queridos governantes, onde está a verba de incentivo a pratica da cultura em nossa cidade? Para aonde esta indo o dinheiro dos royalties, dos impostos, do ICMS e afins? Para o meu bolso que não é, chega a ser vergonhoso um evento como esse acabar por faltar de iniciativa publica, sem contar que o beco da quarentena está mais que abandonado entregue ao lixo e a marginalidade, e olha que o que não falta é apelo da população, PREFEITA MICARLA, GOVERNADORA ROSALBA, DEPUTADOS E VEREADORES, cumpram com o seu dever a gente não quer só comida, a gente que comida, diversão e arte!

  5. Gaalera rockeira de Natal vamos nos mobilizar para que o circuito cultural Ribeira dure por vários e vários tempos em nossa amada Ribeira,um evento ótimo que nós sempre estamos lá prestigiando,vamos mostrar para algumas pessoas que a Ribeira tambem tem cultura,vamos fazer com que ouçam nossa voz.Não deixem que o circuito cultural Ribeira acabe !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *